Santa Entrega: 3212.8000
Saúde

5 hábitos que prejudicam demais a saúde do coração

Que o coração da gente ama o nosso corpo, isso nós já sabemos, mas será que o contrário realmente é verdade? Será que cuidamos dele da forma como deveríamos? Só para se ter noção, alguns hábitos tidos como nada arriscados, como pular o café da manhã, podem prejudicar diretamente a saúde do coração, viu? Abaixo, listamos 5 coisas que você definitivamente não deve fazer, se quiser continuar são e salvo.

1. Exagerar no sal e no açúcar

Comer muito doce pode prejudicar a saúde do coração.

A quantidade recomendada para o consumo de sal pela Organização Mundial da Saúde (OMS) é cinco gramas por dia, mas sabe quanto o brasileiro ingere nesse mesmo período? O dobro! Quando falamos sobre o açúcar, o resultado é parecido: 50% a mais do que o aconselhável. As consequências não podiam ser piores com destaque para o aumento da pressão arterial, o desenvolvimento da obesidade e o aparecimento da diabetes tipo 2.

Leia mais:
Colesterol alto: 5 doenças graves causadas pelo problema
Saiba como proteger o coração durante jogos de futebol

2. Não dormir o suficiente

Não é novidade para ninguém, mas não custa repetir: você precisa dormir, no mínimo, 7 horas por dia, senão é bem capaz de sofrer de problemas como obesidade e diabetes. Quando dormimos, a pressão arterial é reduzida e a frequência cardíaca também diminui, então se o corpo não descansa de verdade, o órgão acaba sobrecarregado, acometendo a saúde do coração.

3. Consumir bebidas alcoólicas em excesso

Todos os vícios são prejudiciais à saúde cardiovascular.

Cirrose hepática e hipertensão arterial são só algumas das complicações que podem acometer o seu coração, caso você perca o controle sobre o tanto que bebe por aí, tá? Bateu aquela vontade? Então vá de vinho que possui flavonoides, substâncias antioxidantes muito poderosas para a nossa saúde. E mesmo assim, não passe da conta: uma taça (mulheres) ou duas (homens) por dia já é/são mais do que suficiente(s) para matar o desejo sem danificar o seu amigão.

4. Viver estressado e/ou ansioso

Dica um tanto quanto difícil, principalmente, para quem mora em grandes cidades, saber lidar com o estresse é mais do que necessário para evitar que o corpo libere níveis altos demais de cortisol e adrenalina que fazem com que a saúde do coração vá para o beleléu. E a explicação está no fato de eles aumentarem a frequência cardíaca, o que pode culminar em um ataque do coração e até levar à morte.

5. Fumar

Não são só os pulmões que são afetados pelo tabagismo. Portanto, não espere muito tempo para parar de fumar porque o cigarro pode ser pequeno no tamanho, mas é bem grande, se nos referirmos aos problemas que ele pode causar. Entre eles, destacamos a aceleração da pulsação que provoca irregularidades no ritmo do batimento cardíaco.

Além disso, o fumo agride a parede interna dos vasos sanguíneos e interfere na contração e no relaxamento do coração, gerando uma maior dificuldade para o sangue circular.

O que achou do conteúdo? Conhecia todos esses riscos? Agora, que tal continuar a sua leitura com o nosso guia superespecial (e grátis!) Colesterol: confira as dicas fundamentais para mantê-lo sob controle. Neles, destacamos as maiores doenças causadas pelo colesterol alto, a troca alimentar ideal para controlar ou reduzir os níveis de gordura e muito mais! Para acessar o conteúdo completo, é simples: basta clicar aqui.

Post a Comment

© Copyright 2018 | Todos os direitos reservados | Vanguarda Comunicação