Santa Entrega: 3212.8000

7 práticas eficientes para evitar assaduras no bebê

Só quem tem um bebê em casa sabe o sofrimento que é ver o pequeno com as temidas assaduras. A vermelhidão da pele, a ardência e a coceira evidenciam um grande problema. E olha que não estamos falando apenas do prejuízo físico, viu? As assaduras no bebê ainda podem prejudicar o sono e a alimentação dele, atrapalhando bastante o dia a dia.

Uma das principais causas das assaduras é a umidade. Se não for tratada corretamente, a complicação pode ser muito mais desagradável. Nós, da Santo Remédio, não desejamos que o seu neném corra esse risco, por isso, listamos 7 práticas fundamentais para evitar assaduras. Anota aí:

1. Evite os lenços umedecidos

lencos-umedecidos-bebe-assaduras

Utilizar lenços umedecidos não é uma boa ideia.

Eles podem retirar a camada de proteção da pele e propiciar as assaduras. Utilizar água morna e algodão já é o suficiente para limpar as impurezas. Por serem mais práticos, o ideal é deixar os lenços umedecidos para as saídas. Se houver evacuação e for possível lavar o bebê, não abra mão de fazer isso.

Assuntos relacionados:
Segurança: 5 dicas para escolher o brinquedo das crianças
Por que a Vacina BCG é tão importante para o bebê?

2. Dê um descanso à pele do bebê

Experimente deixar a criança sem fralda durante um período. O objetivo é justamente evitar o atrito natural do produto com a pele do bebê. Como a área fica úmida e quente durante o uso da fralda, esse tempo pode ajudar a recuperá-la, permitindo a ventilação no local atingido.

3. Escolha com cuidado a marca da fralda

A assadura também pode ser causada por uma reação alérgica a algum componente da fralda. Nesses casos, é importante checar as letrinhas na embalagem antes de comprar e ficar atento às respostas da pele do bebê. Veja nossas dicas de como escolher a melhor fralda para a criança.

4. Troque a fralda com frequência

Embora essa seja uma dica óbvia é sempre bom lembrar. Afinal, as fraldas NÃO evitam que a urina fique em contato com a pele. Por isso, toda vez que perceber que a fralda está molhada, troque-a imediatamente. No caso de xixi, não é necessário dar banho na criança a cada troca.

5. Pegue leve no uso de pomadas

Com o objetivo de prevenir o surgimento de assaduras, muitos pais utilizam pomadas especiais. No entanto, o uso exagerado do produto pode ter efeito contrário e irritar ainda mais a pele do bebê! Experimente passar uma camada fina do líquido e não esqueça de retirar completamente os resíduos durante o banho.

6. Atenção para o crescimento do bebê

assaduras-no-bebe-fraldas-carrinho

Fraldas de tamanho inadequado podem trazer problemas para a pele do bebê.

O tamanho da fralda pode mudar rapidamente conforme o crescimento do bebê e você precisa estar atento ao comprar novos pacotes. Quanto mais apertadas elas estiverem, maiores são as chances de acontecerem irritações na pele. Logo, evite comprar grandes quantidades de fralda para não haver desperdício. O seu bebê agradece!

7. Talco? Nem pensar!

Se você é adepto a esta prática, pode esquecê-la a partir de AGORA! Passar talco na região deixará ela propensa ao surgimento de assaduras no bebê. As condições abafadas e úmidas não vão favorecer em nada o bem-estar do bebê, principalmente se você utilizar talco.

Gostou do conteúdo? Como você viu, manter o bebê sempre sequinho pode evitar assaduras. A qualidade das fraldas também colabora nesse processo. Fique por dentro das nossas promoções e fraldas e garanta os melhores preços e marcas para o seu filho.

Post a Comment

© Copyright 2018 | Todos os direitos reservados | Vanguarda Comunicação