Alimentação e amamentação: veja os principais mitos e verdades

Descubra os mitos e verdades sobre alimentação durante o processo de gravidez e amamentação para evitar qualquer complicação para o seu bebê

Manter uma alimentação saudável é indicado para qualquer etapa da vida, pois contribui bastante para uma qualidade de vida adequada. Principalmente, durante o processo de amamentação, porque o leite materno é considerado um alimento essencial e muito nutritivo, que atende à necessidade do bebê.

Qualquer coisa que for consumido pela mãe será utilizado na produção do leite. Por isso, é importante saber quais são os alimentos certos que devem ser ingeridos pelas mães.

A Santo Remédio, listou alguns mitos e verdades sobre alimentação durante o processo de gravidez e amamentação. Confira!

Leia também:
Saúde da criança: por que respeitar o calendário de vacinação?
Fraldas infantis: o que você precisa saber sobre esse item?

Diversas informações são passadas durante o período de amamentação, mas não sabemos ao certo que pode ou não ser verdade. Existem alguns alimentos que são liberados e outros não.

Mito ou verdade

Alimentos diet e light prejudicam na amamentação?

Mito. Ingerir alimentos, como adoçantes compostos por aspartame, não afetam negativamente a amamentação. No entanto, alimentos que são caracterizados como lactantes devem seguir recomendações de um médico especialista.

Os alimentos reduzem a produção de leite?

Mito. Os alimentos não interferem na redução do leite, no entanto, existem outros fatores que estão associados a essa diminuição do volume, eles são:

  • Estresse materno;
  • Esvaziamento incompleto das mamas;
  • Ansiedade;
  • Fadiga;
  • Uso de contraceptivos orais hormonais;
  • Tabagismo.

Esses são os principais fatores que ocasionam a redução do leite materno e influenciam na amamentação.

Bebida alcoólica é recomendável?

Mito. Quando a mãe está amamentando, não é aconselhável que bebida alcoólica seja consumida, pois pode ser transferida para o bebê por meio do leite materno. No entanto, há uma quantidade segura que pode ser ingerida, mas é necessário ter os devidos cuidados para não prejudicar a saúde do bebê.

Determinados alimentos podem mudar o sabor do leite materno?

Verdade. Existem alimentos que podem causar essa condição, pois o leite produzido é gerado pelo o que a mãe consome. Por isso, quando for comer algo, é importante que haja algumas restrições na hora das refeições.

O alho é um exemplo disso, pois a sua composição altera o gosto e o cheiro do leite materno, por isso é indicado que seja evitado.

Beber café ou comer chocolate podem fazer mal para o bebê?

Verdade. Durante o período da amamentação, as mulheres podem comer chocolate, mas sem exageros. O chocolate contém a substância teobromina, que pode causar possíveis efeitos negativo no comportamento do bebê e resultar em diarreia e irritabilidade.

Também é recomendável reduzir o consumo de cafeína, pois pode vai causar insônia e hiperatividade. 300mg de café por dia é a quantidade ideal, mas sem exceder o limite.

A alimentação e amamentação costumam ser um assunto muito importante para as mães, no entanto, geram diversas dúvidas. Por isso, é necessário que você tenha uma alimentação saudável e conheça as verdades que podem ou não afetar a saúde do seu bebê.

Gostou desse conteúdo? Nós, da Santo Remédio, temos outras matérias que podem interessar você. Confira o texto sobre Gravidez saudável: conheça os melhores exercícios para grávidas