Cair e quebrar um dente pode assustar, mas lembre que acidentes acontecem e que não há motivo para pânico. Para reduzir o ferimento, siga estas dicas elaboradas pelo CROSP (Conselho Regional de Odontologia de São Paulo) enquanto você não chega ao dentista.

PASSO A PASSO

1º: Estanque o sangramento

Se o dente quebrou por conta de um acidente, o local provavelmente sangrará. Por isso, a primeira medida é estancar o sangramento utilizando uma gaze embebida em água fria. Pressione o local machucado (sem fazer muita força) até que o sangramento diminua.

2º: Faça um bochecho

O próximo passo é fazer um bochecho para tirar todo o resíduo de sangue da boca e limpar a região afetada. Use apenas água. Não acrescente nenhum medicamento ou outro produto, como enxaguante bucal e creme dental, pois eles podem causar irritação.

3º: Coloque gelo no local para evitar o inchaço

Depois do bochecho é recomendável colocar gelo no local até que se consiga atendimento com o cirurgião-dentista. Tomar um sorvete também pode ajudar a reduzir o edema, sempre com cuidado para não agravar o ferimento. As baixas temperaturas causam vasoconstrição (diminuição do diâmetro dos vasos), o que evita a piora do processo inflamatório.

4º: Procure um cirurgião-dentista

O tratamento para um dente permanente quebrado varia e depende do nível de fratura e comprometimento das estruturas anexas ao dente. O cirurgião-dentista é o profissional recomendado para fornecer orientações e condutas clínicas e deve ser procurado o mais breve possível. O acompanhamento profissional é fundamental para a intervenção terapêutica adequada e a manutenção/reconstrução do dente quebrado.

Fonte: www.drauziovarella.com.br