Como as atividades físicas auxiliam no tratamento da asma?
Saúde

Como as atividades físicas auxiliam no tratamento da asma?

De acordo com a pesquisa Nacional de Saúde (Ministério da Saúde/IBGE), 6,4 milhões de brasileiros acima dos 18 anos sofrem de asma. A doença tem como principal característica a dificuldade para respirar quando a pessoa é exposta a agentes alergênicos. Apesar de ser muito comum, a enfermidade nem sempre é tratada da forma correta.

E falando nisso, você sabia que as atividades físicas são fundamentais para auxiliar no tratamento da asma? Pois é, por essa você provavelmente não sabia. Nesta matéria, nós, da Santo Remédio, vamos mostrar como isso é possível e quais são os exercícios mais indicados. Vamos conferir?

Como a asma se manifesta

A asma, assim como outras doenças respiratórias, pode ser causada por diversos fatores. As causas mais comuns são as alergias, geralmente causadas por poeiras e ácaros, pelos de animais, resto de insetos, mofos e pólen. Ela acomete pessoas de todas as idades e provoca crises leves, moderadas e graves.

Os principais sintomas são a dificuldade para respirar, cansaço intenso, crise de tosse, espirro entre outras. Nos casos mais graves, pode levar à óbito, por isso é fundamental tratá-la.

Os recursos terapêuticos mais comuns

Os tratamentos convencionais envolvem o uso de medicamentos que relaxam a musculatura dos brônquios e aliviam os sintomas, geralmente administrados durante as crises. Outros medicamentos anti inflamatórios são indicados para prevenir o surgimento das crises.

Especialista recomendam a prática regular de atividades físicas, que auxiliam, e muito, no tratamento da asma. Mas isso é assunto para o próximo tópico.


Não deixe de conferir também:

Os perigos da obesidade infantil: do problema à prevenção

Iniciante na academia? Aprenda a começar com o pé direito!


O papel das atividades físicas no tratamento da asma

As atividades físicas possuem um papel muito importante para o tratamento da asma em pacientes de todas as idades. Isso porque elas trabalham o controle da respiração, melhoram a condição física, proporcionando mais resistência e tolerância às atividades que demandam esforços físicos.

Além desses benefícios, o paciente experimenta uma sensação de maior tranquilidade, conforto e confiança. Sem falar da prevenção de outras complicações pulmonares.

banner-guia-coracao

Os exercícios mais indicados

Natação: é uma das alternativas mais indicadas por médicos para auxiliar na recuperação e tratamento de problemas respiratórios. A água funciona como um vasodilatador que facilita a circulação sanguínea, além de trabalhar o funcionamento do coração.

Outro benefício da natação é a atividade aeróbica exigida durante o treino. Esse tipo de exercício aumenta a resistência respiratória do diafragma e músculos intercostais.

Caminhada ou corrida: bastante indicada pelos médicos, essas duas atividades também trabalham a aeróbica do paciente, assim como o diafragma. Muito fácil para adaptar a outros exercícios, elas são muito eficientes inclusive para prevenir a obesidade e problemas decorrentes do sedentarismo. Quem começa com elas pode, ao longo do tempo, ter mais facilidade para iniciar outros esportes.

Cuidados fundamentais

Nenhuma atividade deve ser iniciada sem as orientações de um médico pneumologista. A partir de alguns exames, o profissional consegue repassar as orientações de acordo com os limites do paciente. Além disso, os exercícios devem servir como um tratamento complementar, não como substituto dos medicamentos.

Agora que você já conhece os benefícios das atividades físicas para o tratamento da asma, é hora de investir melhor na saúde. Nós, da Santo Remédio, nos preocupamos com o seu bem-estar, por isso temos um blog recheado de assuntos diversos sobre saúde. Não deixe de conferir também: pressão alta: fique atento aos sinais e saiba como prevenir.

Post a Comment