Saúde da Mulher

O que você sabe sobre menopausa?

A menopausa é um período natural que vem logo após a última menstruação espontânea de uma mulher e, nele, são encerrados dois ciclos simultaneamente: o menstrual e o ovulatório.

Só passa a ser considerado menopausa após ter passado 12 meses do último fluxo menstrual, pois, eventualmente, podem haver fluxos irregulares nesse meio tempo.

A menopausa não tem como ser prevenida ou impedida, ela é natural e normalmente acontece entre os 45 e os 55 anos de idade. Não existe uma maneira exata de prever quando a menopausa irá ocorrer, pois ela se diferencia de mulher para mulher. Alguns anos antes é possível sentir sintomas característicos como intensas ondas de calor que podem persistir por anos.

O que é menopausa precoce?

A menopausa é natural em determinado período da vida das mulheres, porém quando se dá antes dos 40 anos de idade é denominada por menopausa precoce, ela ocorre nessa fase caso algum fator que impeça os seus ovários de funcionarem corretamente. Seus sintomas são os mesmos de uma menopausa comum e acontece, principalmente, quando alguém próximo da família passou pela mesma situação.

A menopausa precoce surge quando a mulher já nasce com uma reserva menor que a esperada de folículos ovarianos agrupamentos de células encontrados no ovário ou quando eles são consumidos de forma muito mais rápida que o normal ao longo da vida. Muitas vezes, as causas não são muito bem definidas, mas podem ser explicadas por anormalidades genéticas, exposição a toxinas ou doenças autoimunes.

Confira alguns dados sobre a menopausa precoce:

– 0,1% das mulheres sofrem de menopausa precoce antes dos 30 anos.

– 0,25% das mulheres tem menopausa precoce antes dos 35 anos.

– 1% das mulheres entram em menopausa precoce antes dos 40 anos.

Os estágios da menopausa

A menopausa ocorre apenas após a última menstruação da mulher, porém, muitas pessoas, erroneamente, acabam nomeando de menopausa os períodos que antecedem e precedem esse evento.

Para que não haja mais dúvidas, confira abaixo o que é e o que caracteriza cada um dos estágios:

Pré-menopausa

A pré-menopausa é o período que conduz ao último período antes da menopausa acontecer. Ou seja, ela acontece quando os níveis dos hormônios sexuais da mulher (estrogênio e progesterona) começam a ficar instáveis e um pouco antes dos fluxos menstruais tornarem-se irregulares de fato.

Perimenopausa

Entende-se por perimenopausa, literalmente, como o período “em torno da menopausa”, ou seja, é o período que vai de alguns anos antes do fenômeno até alguns anos depois. Segundo a Sociedade Norte-Americana de Menopausa, essa transição pode levar de quatro a oito anos.

Essa transição da perimenopausa para a menopausa acontece, geralmente, entre os 45 e 55 anos de idade, podendo ter uma pequena variação conforme o organismo da mulher. Normalmente, a menopausa de uma mulher se dará mais ou menos na mesma época em que aconteceu a de sua mãe.

Pós-menopausa (climatério)

Esse tempo de transição que antecede a menopausa é chamado de climatério. Ele representa a passagem da fase reprodutiva da mulher para a não reprodutiva. O organismo deixa de produzir, de forma lenta e gradativa, os hormônios estrogênio e progesterona.

Sintomas da menopausa

Além da irregularidade dos ciclos menstruais, alguns outros sintomas podem aparecer num período de um ano antes da menopausa se efetivar. Veja:

– Ausência da menstruação;

– Ressecamento vaginal (secura);

– Ondas de calor;

– Suores noturnos;

– Insônia;

– Diminuição no desejo sexual;

– Diminuição da atenção e memória;

– Perda de massa óssea (osteoporose);

– Aumento do risco cardiovascular;

– Alterações na distribuição da gordura corporal;

– Depressão.

Diagnóstico

Caso dúvidas surjam sobre períodos menstruais irregulares, a paciente deverá questionar o seu ginecologista sobre possíveis causas para aquilo. Se o especialista suspeitar que ela está na transição da menopausa, um exame de sangue poderá ser realizado para medir os níveis dos hormônios:

– Hormônio folículo-estimulante (FSH) e estrogênio: na menopausa, os níveis de FSH aumentam, enquanto o do estrogênio diminui.

– Hormônio estimulante da tireoide (TSH): o hipotireiodismo pode causar sintomas muito parecidos com os da menopausa.

O mais indicado é que a mulher realize consultas rotineiras ao ginecologista para verificar sempre sua saúde.

Post a Comment