Câncer de vesícula biliar: afinal, como prevenir essa doença?

A maioria dos cânceres podem surgir mediante uma série de fatores de risco que, combinados, comprometem a saúde e a vida do indivíduo. Por isso, observar seus hábitos e reconhecer que há algo de errado é a melhor forma de prevenir o surgimento de doenças. Embora o câncer de vesícula biliar seja raro, ele pode surgir devido uma inflamação bastante comum: as famosas pedra na vesícula.

Mas nada de susto, hein! Nesta matéria, nós, da Santo Remédio, vamos mostrar para você como se prevenir dessa doença. Confira!

Antes de tudo, saiba o que é vesícula biliar

Trata-se de um órgão localizado sob o fígado cuja função é armazenar o bile, uma pequena substância produzida pelo órgão que ajuda na digestão. Ao passo em que o alimento se transporta do estômago para os intestinos grosso e delgado, a vesícula biliar libera a substância armazenada por uma espécie de tubo, ajudando a digestão.

É, portanto, um órgão com uma função bastante importante para a manutenção do organismo.

Como surge o câncer de vesícula biliar

Como dissemos no início da matéria, este é um tipo de câncer bastante raro. Geralmente, o órgão apresenta alguns problemas se o fluxo da bile estiver bloqueado. Essa condição é causada pela presença de pequenas pedras, conhecidas popularmente como cálculos biliares, mas outras causas também podem estar contribuindo para a condição.

O câncer relacionado à vesícula biliar podem ter origem na inflamações diversas do órgão e formação de cálculos.


Não deixe de conferir também:

5 alimentos indispensáveis para aumentar o colesterol bom

Alimentos industrializados: um risco para a saúde infantil


Os principais fatores de risco para a doença

É fato que nem sempre estamos totalmente livres de tudo o que pode contribuir para o surgimento de doenças. Embora, os nossos hábitos sejam os mais saudáveis possíveis, há sempre um risco de desenvolver enfermidades por causa das condições genéticas. Confira abaixo os fatores de riscos conhecidos para o câncer de vesícula:

 

  • Hereditariedade

 

Quem tem histórico de doenças na vesícula biliar na família, como pedras na vesícula, por exemplo, têm maior propensão a adquirir problemas.

 

  • Idade

 

As pessoas com mais de 60 anos são os mais acometidos por doenças da vesícula biliar. No entanto, elas também podem surgir em qualquer idade.

 

  • Sexo

 

Mulheres são mais propensas a desenvolver enfermidades relacionadas ao órgão em questão. Isso se explica pelo excesso de estrogênio, principalmente em casos de reposição hormonal após a menopausa.

 

  • Alimentação irregular

 

Pessoas que têm como hábito consumir bastante alimentos gordurosos e ricos em açúcar estão mais expostos a desenvolver o câncer.

  • Obesidade

 

Em relação a pessoas de peso normal, quem sofre de obesidade possui um nível muito elevado de colesterol, o que o coloca em situação acrescida de risco.

Como prevenir este tipo de câncer

Por ser uma doença relacionada ao acúmulo de gordura, é indicado incluir na rotina mais atividades físicas, comer alimentos saudáveis bem como realizar exames periódicos. Assim, é possível reduzir as chances de adquirir não somente o câncer de vesícula biliar, mas também inúmeras outras enfermidades com origem em maus hábitos.

Nesta matéria você viu o que é o órgão, suas funcionalidades, os fatores de risco para o câncer e como prevenir a doença. Agora que você já sabe mais sobre o assunto, é hora de repensar seus hábitos e se prevenir. Não deixe de conferir também 5 passos para reduzir o consumo de açúcar na sua alimentação.

Leave A Reply