Como incentivar a prática de atividades físicas nas crianças

Como incentivar a prática de atividades físicas nas crianças

Que praticar exercícios físicos faz um bem danado para todo mundo não é novidade, concorda? A mídia, então, bate nessa tecla quase sempre, e a frase mais usada para incentivar diz que nunca é tarde para se dedicar a uma vida mais saudável. Porém, quanto antes ele estiver presente na rotina, melhor. Ainda na infância, é fundamental que os pais busquem incentivar a prática de atividades físicas nas crianças.

Para quem já tem filhos em casa e sabe da importância de um desenvolvimento saudável para os pequenos, atenção. Neste artigo, nós, da Santo Remédio, vamos mostrar como incentivar as crianças a praticarem atividades físicas. Confira!

Antes de tudo, seja um exemplo para as crianças

Não existe melhor incentivo para as crianças do que ter um exemplo dentro de casa. Se você é o tipo de pessoa que sabe da importância dos exercícios físicos mas não pratica, dificilmente o seu filho terá gosto por eles. Sendo assim, é fundamental que você já seja adepto dessa prática e leve o seu filho para os seus treinos.

Naturalmente, ele vai criando afinidade com os exercícios e você não terá tanta dificuldade quando precisar colocá-lo numa aula de natação, por exemplo. Mas isso é assunto para depois.

Faça com que essas práticas sejam agradáveis

Normalmente, as crianças gostam de correr, brincar, pular e se divertir. Algo que fuja do sentido de diversão pode ser totalmente desconfortável e desestimulante para elas. Por isso, você pode incluir no dia a dia das crianças atividades que sejam agradáveis e prazerosas, sem que elas se sintam pressionadas a fazê-las.

Num momento como esse, seja qual for o local, converse com elas, dê risadas e aproveite para fortalecer os laços fraternos. Assim, você faz com que essas circunstâncias sejam normais e necessárias para o bem-estar.


Não deixe de conferir também:

Conheça as brincadeiras que podem prejudicar as crianças

Os perigos da obesidade infantil: do problema à prevenção


Mostre a elas a importância dos exercícios

Quando elas estiverem um pouco mais entendidas, mostre que o movimento do corpo contribui para que elas cresçam mais fortes, saudáveis e se desenvolvam com menos riscos de doenças.

Conversas com um tom educativo são muito bem-vindas quando o assunto é incentivar. As crianças gostam de entender os porquês das coisas e quando obtêm uma resposta satisfatória, tendem a ser mais receptivas.

Varie nas opções de brincadeiras ou esportes

Se tem algo que desestimula qualquer criança é uma brincadeira monótona e cansativa. E para evitar que elas se sintam desmotivadas, é orientado aos pais variar nas opções. Quando existe tempo para se dedicar a essas dinâmicas, o indicado é preenchê-lo com as brincadeiras ou esportes preferidos delas. Com isso, é mais fácil atraí-las para um vida longe do sedentarismo e com mais qualidade de vida.

Incentive as atividades físicas nas crianças com esportes

O desenvolvimento motor dos pequenos depende de um fator principal que é o movimento. E ele pode ser estimulado por meio de pequenas práticas esportivas. Neste tópico, você vai conferir as atividades mais indicadas para cada etapa da infância. Veja:

– A partir dos 6 meses: a atividade mais indicada é a natação, recomendada inclusive por especialistas para promover a coordenação e o desenvolvimento motor, além de estimular a diversão e momentos de integração entre pais e bebês.

– A partir dos 4 anos: o ideal é direcionar a criança para algum esporte, mas sempre respeitando os seus gostos e interesses. O foco principal da criança nessa fase da vida é a saúde, ou seja, sem pressioná-los em competições para obter vitória.

– A partir dos 8 anos: na pré-adolescência, já é considerada a fase ideal para participar de competições, com treinos que visam promover o desenvolvimento pessoal e social, além da formação do caráter e respeito ao próximo.

A saúde da criançada agradece!

Adotando e incentivando essas práticas nos seus filhos previnem o sedentarismo e consequentemente a obesidade. Ademais, os pequenos crescem com saúde e menos riscos de doenças.

Você gostou deste artigo? Bom, mas como sabemos, manter o corpo em movimento é apenas um lado da moeda. É importante também ter atenção aos alimentos que podem representar um perigo para as crianças. Leia também: Alimentos industrializados: um risco para a saúde infantil.