Santa Entrega: 3212.8000
Saúde

Como prestar apoio a alguém que está com depressão?

A depressão é um distúrbio que afeta milhões de pessoas no mundo todo. A tristeza profunda, a falta de ânimo e de apetite, as oscilações de humor entre vários outros sintomas são capazes de prejudicar tanto a saúde da mente quanto a do corpo. Por isso, contar com a presença de alguém disposto a ajudar de verdade é indispensável para uma recuperação menos dolorosa e mais assertiva.

Se você tem um amigo ou um familiar que sofre desse mal, então continue lendo este texto, pois nós, da Santo Remédio, preparamos uma matéria com as principais dicas sobre o assunto. Confira:

1. Compreenda que o tratamento é essencial 

importancia-tratamento-depressao

Contar com a ajuda de especialistas auxilia no sucesso do tratamento da depressão.

Por mais que você seja uma pessoa próxima e entenda que o apoio faz parte do processo de reabilitação, é necessário entender que a depressão ainda é um problema que requer orientação médica e psicológica. Portanto, “só” conversar sobre o tema pode não ser suficiente. Reconhecer essa necessidade e acompanhar o seu amigo ou familiar até o consultório já é um grande primeiro passo rumo à vitória.

2. Esteja sempre presente

Indivíduos que têm depressão costumam se isolar de todos porque, geralmente, acreditam que as suas personalidades incomodam quem está ao seu redor. Para mostrar que isso definitivamente não é real, você pode convidá-lo(s) para sair ou para praticar exercícios físicos. Num primeiro momento, ele(s) pode(m) relutar, mas insista um pouco mais e não meça esforços para deixar claro o quanto ele(s) são especial/especiais para o mundo.

Leia mais:
Ansiedade: 7 sinais que podem identificar o problema

3. Incentive a prática de atividades positivas

atividades-prazerosas-depressao

A participação em atividades prazerosas faz muito bem para a autoestima do paciente.

Complementando o que acabamos de falar, a ideia é estimular a participação do seu amigo ou familiar em ações que proporcionam mais alegria a ele. Quem é que não gosta de sair para saborear um lanche delicioso? Que tal um cineminha no fim de semana? Tem também piquenique e visita a um museu bem legal no centro da cidade. Enfim, as opções são diversas, mas o mais importante mesmo é saber que você colaborou para aquele sorrisão de ponta a ponta

4. Leia sobre a depressão 

A sua intenção pode até ser a melhor possível, mas dificilmente você vai conseguir ajudar do jeito certo sem antes compreender o que é a depressão, por que ela surge, como afeta, etc. A ideia é buscar reunir o máximo de informação sobre o assunto para descobrir, inclusive, quais são os tratamentos mais indicados e o que fazer nos momentos de emergência.

5. Aprenda a escutar 

Nem sempre prestar apoio significa falar alguma coisa, às vezes, um simples, porém intenso abraço diz tudo. Apesar de já termos destacado a importância de se fazer presente, em algumas ocasiões se afastar para dar espaço à pessoa é crucial para ela assimilar o que está se passando com ela mesma. Primeiro, ouça o que o seu amigo ou familiar tem a contar para dar a sua opinião depois.

EXTRA

Fique alerta para os sinais de risco

sinais-corpo-depressao

Esteja atento para marcas no corpo ou perda de peso aparente.

Nunca minimize a dor do outro por achar que o problema dele não vale o sofrimento que está sentindo. Preste bastante atenção aos arranhões no corpo, já que eles podem ser um sinal de automutilação, um dos precursores dos pensamentos suicidas. Continue a incentivar o acolhimento, a esperança e a segurança.

E não se esqueça do Centro de Valorização da Vida, basta ligar 141. 

O que achou do conteúdo? Saiba que ele foi pensado e escrito com muito amor para você. O objetivo é mostrar para cada vez mais pessoas que dá, sim, para vencer a depressão. Pode ter certeza que nos sentimos extremamente contentes em levar mais conhecimento para o nosso leitor, especialmente se essas informações fizerem uma grande diferença na vida de um outro alguém.

Não deixe de acessar as nossas redes sociais para ficar por dentro de mais orientações como essas. Basta clicar aqui para curtir a nossa página no Facebook ou aqui para nos seguir no Instagram. Até a próxima!

Post a Comment

© Copyright 2018 | Todos os direitos reservados | Vanguarda Comunicação