Quais cuidados ter ao tomar sol? Veja estas dicas para se proteger!

O sol é extremamente importante para a nossa saúde. O problema é que a ultraexposição aos seus raios solares pode ser prejudicial à saúde. Em um país tropical como o Brasil, os cuidados na hora de tomar sol devem ser redobrados.

Em qualquer época do ano, a proteção da pele é extremamente necessária. Afinal, a radiação solar é responsável por diversas complicações como queimaduras, manchas e o temido câncer de pele.

Apesar de tudo isso, vale destacar que o sol garante inúmeros benefícios para o corpo humano. Por ser fonte de vitamina D, ele evita algumas doenças ósseas que ocorrem, principalmente, em mulheres. Além disso, tomar sol ajuda no combate à Depressão.

No entanto, é bom se controlar: é preciso evitar tomar sol por muito tempo e durante repetidas vezes. Essa recomendação vale especialmente para o período entre 10h e 16h, momento de grande incidência de raios ultravioleta B, os maiores causadores do câncer de pele.

Cuidados básicos ao sair para tomar sol

cuidados-tomar-sol
O uso do protetor solar é indispensável ao tomar sol. Ele ajuda a prevenir o câncer de pele.

Ao se expor ao sol, é importante contar com peças de roupa que cubram bem o corpo. Roupas de algodão são as mais indicadas, pois retêm cerca de 90% das radiações ultravioleta (UV). Enquanto os tecidos sintéticos, como o nylon, retêm apenas 30% e podem provocar irritações cutâneas, pois impedem a pele de respirar.

As barracas usadas na praia devem ser feitas de algodão ou lona, material que absorve 50% da radiação UV. O uso de óculos de sol previne catarata e lesões na córnea.


Leia também: 

  • Cuidados com a pele: 5 produtos essenciais para o rosto

Não se esqueça do filtro solar ao tomar sol

O filtro solar deve ser aplicado diariamente e não apenas em momentos de lazer ou exposição ao sol. O sol do dia a dia envelhece a pele, leva à formação de manchas e contribui para o surgimento do câncer de pele.

Por isso, a recomendação é que você aplique filtro solar todos os dias pela manhã antes de tomar sol. A quantidade deve ser equivalente a cinco pinguinhos distribuídos uniformemente na testa, bochechas, queixo e nariz. Não há necessidade de reaplicação, desde que você use filtro solar fator 30 ou superior e passe o dia em ambiente fechado.

Produtos com Fator de Proteção Solar (FPS) de ao menos 15 ou 20 podem ser utilizados no dia a dia. Já aqueles com FPS igual ou superior a 30 são indicados para exposições mais longas à luz solar (na praia ou piscina, por exemplo).

Para se proteger contra os raios UVA e UVB, o filtro solar adequado deve ser aplicado em todas as partes do corpo (incluindo mãos, orelhas, nuca, pés e, no caso dos calvos, a cabeça).

 

Quando aplicar o filtro solar?

A recomendação geral é usar o protetor solar 30 minutos antes de tomar sol para que a pele o absorva bem. A reaplicação deve ser feita a cada duas horas (esse tempo diminui se houver transpiração excessiva ou contato com a água).

Mesmo em dias nublados, 80% da radiação UV atravessa as nuvens e chega até nós. Portanto, o filtro solar é necessário também nestes dias.

Os lábios devem receber cuidados com o uso de protetores labiais. Bonés, viseiras e chapéus aumentam o grau proteção da face. Em crianças, um filtro solar adequado para a pele sensível pode ser utilizado a partir dos seis meses de idade.

Pessoas de pele oleosa podem optar por filtros em forma de loção ou gel. Já as de pele negra, apesar da proteção natural conferida pela maior quantidade de melanina produzida naturalmente, devem ter o mesmo cuidado com a fotoproteção, pois também estão sujeitas a queimaduras e ao câncer de pele.

Alimente-se e hidrate-se bem!

A ingestão de água (no mínimo, dois litros por dia), suco de frutas e água de coco é imprescindível para manter o corpo hidratado. Do mesmo modo, um bom hidratante ajuda a manter a quantidade de água na pele entre 10% e 30%.

Alguns alimentos, principalmente, as frutas e os legumes de cor alaranjada ou vermelha podem ajudar a prevenir os danos causados pelo sol à pele. Cenoura, abóbora, mamão, maçã e beterraba, por exemplo, contêm carotenoides, substância que retém a radiação UV.

Durante dias com altas temperaturas, a temperatura corporal também aumenta e o organismo tem dificuldade de digerir alimentos mais gordurosos. Nestes dias, é melhor dar preferência aos que contêm baixo teor de carboidratos e maior proporção de fibras, pois ajudam na hidratação e previnem os sinais do envelhecimento.

Se não tivermos cuidado, o sol pode provocar: desidratação, insolação, queimaduras, descamação, dor, pele vermelha, entre outras. Siga as recomendações e mantenha-se hidratado!

Gostou do conteúdo? Então não deixe de baixar gratuitamente o nosso guia Como manter a sua pele bonita e saudável por mais tempo. Ele tá supercompleto e o melhor: não custa nada! Pode acreditar!

Cuidados que você deve ter ao tomar sol