5 conselhos preciosos para educar os filhos do jeito certo

5 conselhos preciosos para educar os filhos do jeito certo

Educar os filhos não é uma tarefa fácil e os pais sabem disso muito bem. São muitas as jornadas, dentro e fora de casa. Ainda assim eles precisam, na grande maioria das vezes, lidar com situações inesperadas, crises e doenças, escola, alimentação, etc. Neste artigo, você vai conferir cinco dicas valiosas para criar e educar os seus filhos de uma maneira exemplar. Vamos lá?

Educar os filhos é estar preparado para tudo

Dar conselhos é uma coisa que deve se fazer com muito cuidado, ainda mais sobre criação e educação de filhos. No entanto, aqui sugerimos aqueles conselhos mais importantes que, por experiência das próprias mães, dos pais e de alguns psicólogos, é possível seguir sem maiores problemas.

Educação dos filhos: veja 5 dicas valiosas

1. Autoridade

Ter autoridade e demonstrá-la é uma coisa, ser autoritário é outra bem diferente. Como então, diferenciá-las? Antes de mais nada, é preciso entender que a autoridade requer processos anteriores que envolvem a comunicação clara com os filhos e o tratamento de assuntos de interesse. A educação tem muito a ver com compartilhar, tanto a sua visão de mundo quanto o que eles vivenciam no presente.

2. Estar presente

Ter um dia especial com os seus filhos fará de vocês papai e mamãe pessoas muito especiais e inesquecíveis. Os traumas de infância e adolescência geralmente são originados por ausência dos pais e os filhos sabem inconscientemente disso.

O dia a dia com os seus filhos deve ser sempre algo muito prazeroso e enriquecedor para eles. Dentro dos limites, atenda às suas necessidades, sem ceder aos seus domínios de chantagem.

3. O exemplo fala mais que palavras

O aprendizado é um processo complexo que tem muitos fatores. Se você não fizer aquilo que ensina e aconselha, dificilmente algo surtirá efeito na cabeça dos filhos. Por exemplo, se você ensiná-los a ir dormir cedo, não perca tempo em fazer o contrário, pois isso acarretará em consequências.

Mas, por outro lado, se você se permitir ser um modelo dentro de casa, alinhando discurso e ação, nada sairá dos trilhos.

Complemente os seus conhecimentos:
– Veja 5 brincadeiras que ajudam no desenvolvimento da criança
– Como incentivar a prática de atividades físicas nas crianças

4. Educação x Castigo

Cuidado! Estabelecer formas de correção devem ser levadas com inteligência mental, não emocional. Os seus filhos podem levá-lo(a) à loucura, mas quem mostra o exemplo da ética e da moral é apenas você. E nesta responsabilidade, assumir as consequências das ações travessas tem que ser compreendida por eles, senão a próxima atitude poderá ser mais rigorosa.

Aqui, a aplicação de alguma ação deve ser feita de forma imediata e muito séria, como uma conversa entre adultos. O bom senso deve sempre reinar nas suas atitudes. As ameaças, chantagens, castigos, compensações são comportamentos que se passam para os filhos e eles, consequentemente, reproduzirão a mesma coisa em fase adulta.

Escolher estas formas de correção pode resolver momentaneamente as situações de conflito, porém, lá na frente tendem a ser cármicas.

5. Verdade

Sim, isso mesmo! A sinceridade e o respeito devem atuar, talvez até mesmo antes do que demonstrar excesso de carinho. A verdade necessita ser dita aos filhos. Manter a honestidade e a cordialidade, ao mesmo tempo, será uma das melhores formas de mostrar ao pequeninos os valores bons da vida.

O que deve ser dito de positivo, que seja feito, e aquilo que for negativo, igualmente, sem humilhações, mas demonstrando confiança mútua.

Portanto, não se esqueça que educar e criar os filhos é algo mais do que apenas fazer a “função de mãe ou pai”. É, antes de tudo, “ser mãe e pai”. Criar com amor não significa deixar fazer o que quiser, tampouco agir com arrogância e autoritarismo, pois mesmo os pais também aprendem a todo instante.

Gostou do conteúdo? Um dos principais pontos a serem observados na educação regular e na criação do seu filho deve ser a alimentação. Uma dieta pobre em nutrientes e uma vida sedentária pode deixar a criança obesa. Leia a matéria que fizemos sobre esse assunto, descubra os perigos da obesidade infantil e saiba como prevenir o problema.