Santa Entrega: 3212.8000
Obesidade infantil: o que é, causas e sintomas
Saúde do Corpo

Obesidade infantil: o que é, causas e sintomas

A obesidade infantil é uma doença caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura em bebês e crianças. Ela ocorre quando o Índice de Massa Corporal (IMC) está acima do recomendado para sua idade. De acordo com uma pesquisa divulgada pela Federação Mundial de Obesidade, até 2025, o Brasil terá mais de 11 milhões de crianças obesas.

Os números revelam a gravidade do problema, que traz riscos à saúde das crianças. Além disso, esses dados chamam atenção para o consumo desenfreado de alimentos ricos em gordura e açúcar.

Entendendo a obesidade infantil

A obesidade infantil é considerada um problema crônico que afeta crianças de até 12 anos de idade. O excesso de peso pode provocar outras complicações como colesterol alto, diabetes, hipertensão arterial e doenças cardiovasculares. A condição também pode acarretar no surgimento da depressão, devido à baixa autoestima com o próprio corpo.  

Se não for tratada por um especialista, a obesidade pode gerar consequências à criança até a vida adulta. Por isso, o acompanhamento médico é fundamental.

Conheça os fatores de risco

Muitas pessoas acreditam que o desenvolvimento da obesidade está ligado apenas ao consumo descontrolado de alimentos gordurosos e doces. Isso não é verdade, pois a doença pode ser causada por diversos fatores. Confira os mais comuns:

  • Sedentarismo;
  • Fatores genéticos (devido ao histórico familiar positivo do problema);
  • Doenças hormonais;
  • Uso de medicamentos à base de corticoides.

Nem todos os pais com obesidade vão ter filhos com a doença. Como o problema é multifatorial, é preciso ficar atento para a qualidade da alimentação e a prática de exercícios físicos. O estilo de vida exerce uma forte influência sobre o ganho de peso na criança.

Como prevenir a obesidade infantil

A prevenção contra a obesidade infantil se dá por meio de várias formas. Veja as nossas dicas:

  • Leve seu filho ao médico, pelo menos, uma vez ao ano;
  • Adote um cardápio com alimentos saudáveis no dia a dia. Não se esqueça de dar o exemplo dentro de casa;
  • Estimule a criança a praticar atividades físicas como jogar bola e pular corda;
  • Não ofereça recompensas ou punições usando doces e salgados;
  • Fique de olho em possíveis manifestações da doença como cansaço excessivo, sudorese e dificuldade para respirar.

Como é feito o tratamento?

O tratamento da obesidade infantil tem como foco a mudança completa no estilo de vida da criança. O mais importante é levar o paciente até o médico para que o profissional descubra o seu grau de risco para a obesidade.

Para crianças acima do peso ou com obesidade leve, pode ser recomendada apenas a manutenção do peso. Com o passar do tempo, grande parte desses pacientes emagrecem, fazendo com que a pessoa entre numa faixa de IMC saudável. Já para pacientes com obesidade instalada, a redução de peso é a mais indicada.

Dentre as opções de tratamento recomendadas, destacam-se a/os:

  • Alimentação balanceada com frutas e verduras, além de produtos integrais;
  • Prática de atividades físicas regular;
  • Medicamentos para redução de peso;
  • Cirurgia bariátrica (para maiores de 16 anos de idade).

Conheça as piores doenças causadas pela obesidade

Como a obesidade é um problema que causa risco de vida, outras complicações podem prejudicar a saúde da criança. Pensando nisso, nós criamos um material exclusivo sobre o assunto.

É um infográfico que mostra as piores doenças causadas pela obesidade. Nele, você confere dados alarmantes sobre a doença e descobre como se prevenir.

Para baixar o conteúdo gratuitamente, basta clicar aqui.

Banner Infográfico Sedentarismo

Post a Comment

© Copyright 2018 | Todos os direitos reservados | Vanguarda Comunicação