Vai praticar esportes? Veja os principais cuidados antes de começar

Vai praticar esportes? Veja os principais cuidados antes de começar

Uma alimentação saudável unida ao hábito de praticar esportes traz benefícios não só para a saúde do corpo, mas para a saúde mental. Além de melhorar o tônus muscular, uma rotina regular de exercícios melhora a qualidade do sono, da autoestima, da vida sexual como também previne o câncer e desacelera o envelhecimento.

Ah, ela ainda é um excelente aliado contra a depressão. No entanto, antes de se matricular em uma academia ou procurar algum tipo de atividade, é preciso tomar alguns cuidados. Quer saber como começar a prática de esportes com o pé direito? Leia nossas dicas!

Antes de praticar esportes, faça uma avaliação com um profissional

A avaliação física é de suma importância para a prática correta de esportes. Modalidades de alto impacto como lutas e crossfit, por exemplo, precisam de uma avaliação criteriosa, pois podem causar lesões. Nas academias, é comum que o educador física faça o exame, mas em casos de pessoas com algum tipo de problema físico, o médico ortopedista ou o fisioterapeuta devem ser consultados.

No caso de atividades muito intensas, como o muay thai, o jiu-jitsu e o MMA, um exame cardiovascular pode ser necessário, pois esses esportes exigem muito esforço físico. Vale ressaltar que pessoas com problemas nas articulações não podem praticar esse tipo de esporte.

Por isso, devem consultar um especialista antes de iniciar qualquer atividade, pois o profissional orienta quanto à atividade mais adequada.

Faça suplementação apenas se for necessário

Os esportes são excelentes aliados para quem deseja ganhar massa magra e definir os músculos. Nesses casos, a suplementação com proteínas ajuda muito no processo. Mas, nem todas as atividades necessitam do uso desses produtos. A corrida e o ciclismo, por exemplo, são duas modalidades que dispensam o uso dos suplementos.

Claro que os suplementos não são indicados apenas para ganhar músculos. Há produtos que ajudam o atleta a ganhar energia e disposição durante os treinos. No entanto, a suplementação só deve ser usada com orientação profissional.

Um nutricionista ou um médico ortomolecular podem ajudar nesses momentos. O uso de suplementos sem orientação não trará os resultados desejados e ainda vai causar prejuízos financeiros, pois esses produtos não são baratos.

Você também pode gostar de ler:
– A dieta perfeita e a suplementação ideal para cada biotipo
– 5 dicas incríveis para alcançar o peso ideal do jeito certo
– Como começar uma reeducação alimentar sem sofrimento?

Cuide de sua alimentação

A prática de esportes sem uma dieta equilibrada não traz os devidos benefícios. Por isso, os atletas devem adotar hábitos alimentares saudáveis e consumir frutas, legumes, verduras e carnes. Grãos integrais e cerais também devem ser incluídos na alimentação dos atletas.

Além disso, é importante ficar atento ao consumo de alguns nutrientes, que são essenciais para alcançar bons resultados durante os treinos. Alimentos ricos em proteínas, por exemplo, são os melhores aliados na conquista de um corpo musculoso. Já os carboidratos são essenciais para ganho de energia durante os treinos.

O ideal é procurar o auxílio de um nutricionista ou nutrólogo, para que ele crie um cardápio, de acordo com os resultados pretendidos. Vale ressaltar que sem a devida orientação profissional, a prática de esportes não vai proporcionar os resultados desejados e ainda pode trazer riscos à sua saúde, pois você pode sofrer algum tipo de lesão durante os treinos.

7 passos para abandonar o sedentarismo

Praticar esportes e outras atividades físicas pode ser muito vantajoso para a saúde caso os cuidados necessários sejam tomados. Por isso, é cada vez mais urgente deixar a vida sedentária de lado e iniciar uma rotina mais ativa.

Certamente, essa mudança deve ser gradual e é bastante desafiadora. Pensando nisso, criamos um material exclusivo com os 7 passos para você abandonar o sedentarismo de uma vez por todas.

Clique na imagem abaixo e acesse o conteúdo completo.

Infográfico 7 passos para abandonar o sedentarismo