Santa Entrega: 3212.8000
Saúde

Quais são as causas e os sintomas do colesterol alto?

Não é de hoje que a gente ouve por aí que o colesterol alto é algo ruim e que deve ser combatido a ferro e a fogo. Olha, e não é para menos, viu? A doença é tão prejudicial para o nosso corpo que afeta diretamente o bom funcionamento de órgãos superimportantes como é o caso do coração e do cérebro. Ou seja, é melhor evitar.

Pensando no seu máximo bem-estar, nós, da Santo Remédio, reunimos nesta matéria informações essenciais para você tirar de letra o assunto. Começando por…

O que é o colesterol? 

colesterol-saude-sinais

O colesterol existe naturalmente no corpo humano e também tem sua importância.

Ele é um tipo de gordura que está presente de maneira natural no corpo e desempenha um papel indispensável para o funcionamento das células. Você pode estar se perguntando: Ué, mas ele não faz mal para o organismo? Depende. Não porque apenas o colesterol em si contribui para a produção de alguns hormônios como a vitamina D, a testosterona e o cortisol.

E sim, pois, quando os níveis estão muito altos (tema do nosso artigo) ou muito baixos, o corpo tende a sofrer de complicações cardiovasculares devido a um acúmulo de gorduras nas artérias que impede o fluxo sanguíneo até o coração.

Você precisa ler também:
Os alimentos certos que ajudam na luta contra o tabagismo
Câncer: o perigo pode estar no que você come

Quais são as causas do colesterol alto?

Como tudo tem um porquê, vale destacar que a origem da doença está ligada a hábitos pessoais nada saudáveis e à predisposição genética, que exerce um enorme peso no desenvolvimento do colesterol alto. Complicações médicas e o uso de medicamentos também favorecem a piora do quadro. Veja uma lista dos fatores que agravam a situação:

1. Alimentação rica em gordura e açúcar 

colesterol-sanduiche-saude

Comidas com alto teor calórico aumentam a taxa de colesterol ruim no sangue.O consumo frequente de comidas industrializadas e gordurosas como os biscoitos recheados e os hambúrgueres faz com que as taxas de LDL, o famoso “colesterol ruim”, subam demais. Por isso, manere nas idas aos restaurantes fast-food e invista parte do seu tempo preparando as suas próprias refeições. Legumes, frutas e grelhados devem estar no seu prato sempre.

2. Tabagismo

Estima-se que um terço das mortes provocadas por uma doença do coração tenha o fumo como o estopim para o surgimento dos problemas. Na prática, ele destrói as paredes arteriais e torna-as suscetíveis ao acúmulo do LDL.

3. Obesidade

obesidade-colesterol-saude

Pessoas obesas correm muito risco de desenvolver colesterol alto no organismo.

Quem está acima do peso tem de se preocupar com o colesterol alto, isso porque pessoas que apresentam IMC acima da casa dos 30 precisam realizar, no mínimo, exames de sangue com frequência para checar os níveis de colesterol. Aliar esse esforço a uma mudança de hábitos alimentares é crucial para uma vida tranquila e cheia de saúde.

4. Histórico familiar 

Tem o pai, a mãe ou até mesmo um parente mais distante com o diagnóstico de colesterol alto? Hum, então o recomendável é procurar o médico o quanto antes. Nessas condições, o indivíduo tem uma propensão maior para desenvolver a doença.

5. Sedentarismo

sedentarismo-colesterol-saude

A falta de atividades físicas colabora com o aumento do colesterol no sangue.

Assim como a alimentação desregulada, a falta de exercícios físicos colabora para o aumento dos níveis de colesterol no sangue. Traduzindo: acúmulo de gorduras nos vasos sanguíneos, dificuldade para o coração bombear mais sangue e aparecimento de doenças cardíacas sérias como o infarto agudo do miocárdio.

6. Ingestão de bebidas alcoólicas

Calma! A intenção não é criar pânico e impedir você de ir aos tradicionais happy hours nos finais de semana, mas já que começamos a falar, temos de continuar: sim, o álcool provoca transtornos ao organismo e está associado a diversas complicações como a hipertensão, o ganho de peso e a interferência no ritmo cardíaco.

Uma doença realmente sem sintomas? 

sintomas-colesterol-saude

É preciso estar atento aos sintomas do colesterol alto.

Não é bem assim, não! De fato, o colesterol alto não apresenta sintomas significativos, já que, na grande maioria das vezes, eles surgem em razão da formação de placas de gordura nas artérias com consequências sérias para o coração e o cérebro.

Se no primeiro caso, esse entupimento causa angina e infarto, no segundo, os sintomas podem levar ao acidente vascular cerebral. Veja os indícios de que algo não vai bem:

– Dores no peito ou sensação de aperto;
– Falta de ar;
– Sudorese;
– Palpitações;
– Fadiga.
– Formigamentos;
– Paralisias;
– Sonolência.

O que achou do conteúdo? Agora que você já sabe o que pode acontecer com o seu corpo, se não tomar os cuidados necessários, é melhor fazer uma visitinha ao médico regularmente. Como estamos aqui para ajudar, que tal dar uma lida no nosso blog post com as 5 doenças mais graves causadas pelo colesterol alto?

Post a Comment

© Copyright 2018 | Todos os direitos reservados | Vanguarda Comunicação