Soluço no bebê: por que é tão comum e como se livrar dele rapidamente?

Soluço no bebê: por que é tão comum e como se livrar dele rapidamente?

Garantir o bem-estar do bebê é fundamental para que ele cresça de maneira saudável. Só quem tem criança em casa sabe a preocupação que os temidos soluços trazem com a possibilidade de estarem incomodando o pequeno. Em um momento tão delicado é compreensível que os pais fiquem literalmente sem saber o que fazer para evitar a situação.

Agora, você vai descobrir quais são as causas do aparecimento de soluço no bebê e como resolver o problema de maneira rápida. Aqui, nós também vamos dar algumas dicas para os pais prevenirem esse desconforto na criança.

Afinal, por que o soluço acontece com o bebê?

Mesmo durante a gestação é possível que a mãe sinta o seu filho soluçar e não há nada de errado com a situação. O soluço é consequência de uma contração involuntária de um músculo que fica logo abaixo do pulmão, o diafragma. Essa contração faz com que as cordas vocais fechem com maior rapidez, causando o desconforto.

O soluço no bebê pode acontecer por diversos motivos, entre os principais estão:

– Comer demais;

– Engolir ar enquanto mastiga;

– Mudanças de temperatura;

– Refluxo;

– Fome.

Como parar o soluço no bebê?

Algumas atitudes simples durante o problema podem fazer o soluço sumir ou diminuir de intensidade. Olha só:

Colocar o bebê na posição vertical: principalmente se ele estiver com o estômago cheio esse é o momento para você colocá-lo na vertical para ajudá-lo a arrotar. A posição facilita a saída de gases do estômago e, consequentemente, pode parar o soluço.

Alimentar o bebê: colocar a criança para mamar tende a ser uma boa solução para o momento do soluço, afinal, o ato de sugar diminui o reflexo do diafragma. Mas antes de optar por essa atitude não se esqueça de respeitar os horários de mamada do bebê.

Manter o bebê sempre aquecido: deixá-lo sem roupa por muito tempo ou após trocar a fralda pode fazer com que o corpo dele se resfrie, o que pode causar o soluço. Aquecer a criança é uma prática saudável tanto para prevenir o problema quanto para diminuir a intensidade do soluço.


Leia também:

Vai viajar com o bebê? Veja o que não pode faltar na mala!

7 práticas eficientes para evitar assaduras no bebê


O que fazer para evitar?

Ao contrário do que muita gente pensa o soluço é normal no bebê e não causa a ele nenhuma dor ou incômodo. Mas se mesmo assim você quer prevenir que essa situação aconteça com o seu filho, aí vão algumas dicas:

– Deixe o bebê ereto por cerca de 20 minutos após cada refeição;

– Dê refeições pequenas, mas frequentes;

– Evite que ele fique faminto;

– Prefira alimentar o pequeno quando ele estiver relaxado.

O momento certo para procurar ajuda

Como você viu, o soluço no bebê é uma condição comum, no entanto, ela deve durar apenas alguns minutos para ser considerada normal. Se a criança tiver soluço por horas é preciso procurar o pediatra de sua confiança para investigar a possibilidade de problemas digestivos.

Gostou do conteúdo? Como você viu, a alimentação exerce um papel fundamental para prevenir o soluço nas crianças. Sabendo disso, nós escrevemos um post sobre os cuidados com a alimentação do bebê após o desmame para você ficar atento à saúde dele. Basta clicar aqui para acessar.

Deixe uma resposta