Santa Entrega: 3212.8000
Estilo de vida Saúde do Corpo

Suplemento alimentar: 5 erros que põem tudo a perder

A ideia de complementar a alimentação com algum tipo de suplemento não é um conhecimento novo na humanidade, porém com o passar do tempo, ela deixou de lado esse estilo de vida saudável e hoje vê-se a importância deles como parte da nossa rotina atual, modo de vida, etc. A forma de tentar manter esse equilíbrio é se aproximando destes espaços de atividade física, onde se espera obter uma disciplina, horário a cumprir, metas pessoais, entre outras.

No artigo de hoje vamos abordar algumas questões sobre o suplemento alimentar e mostrar cinco principais erros que podem colocar tudo a perder.

5 erros na hora de usar o suplemento alimentar

Antes de mais nada, vamos definir o que é o suplemento alimentar! Ele consiste na formação de substâncias químicas que são produzidas especificamente para a complementação da alimentação, como por exemplo complexos vitamínicos e minerais. Costumam ser indicados para pessoas que praticam exercícios físicos, que possuem déficit de vitaminas, recuperação da saúde, etc.

suplementos

Cuidados e riscos.

Vejamos agora, os cinco principais erros no uso de suplemento:

1. Autonomia de uso

Isso significa usar mais do que o necessário, ou seja, não seguir as devidas formas apresentadas em sua bula ou orientação. Consumir o suplemento alimentar da forma correta ajudará muito na sua função de complemento. O problema da autonomia de uso surge quando a pessoa consome o suplemento sem a devida orientação ou prescrição médica e nutricional.

O mau uso do suplemento pode provocar perigos à saúde da pessoa, como por exemplo, desregulação hormonal, taquicardia, insônia, alteração brusca de temperatura, problemas na circulação e no fígado. Lembre-se: não há necessidade da pessoa ser um atleta profissional para fazer uso do suplemento.

2. Suplemento não é remédio
Pessoa colocando suplementos na mão.

Tenha consciência na hora de ingerir os suplementos.

O suplemento é importante para a saúde do corpo, já que evita tanto o excesso quanto a falta de vitaminas e nutrientes do organismo. No entanto, é fundamental buscar sempre a ajuda de um profissional que lhe dirá o tipo de suplemento e a quantidade correta dele. Mas existem pessoas que fazem uso do suplemento como forma de se automedicar, implicando em sérios riscos à saúde. Reforçando: suplementos alimentares não são remédios e não tratam de doenças.

3. Suplemento e alimentação

Usar suplementos sem alimentar-se, no sentido de apenas absorver a parte “boa” dessa fonte rica de nutrientes, é igualmente nociva para o organismo. Como a própria palavra diz, “suplemento” ou “complemento”, significa acrescentar, incorporar à alimentação àqueles nutrientes que estão faltando, de forma a equilibrar a dieta. Faça boas escolhas de receitas ricas em alimentos naturais que já tenham uma quantidade suficiente de nutrientes, para que o suplemento apenas haja no sentido de reforçar essa dieta.

Leia também:
– Como ter mais energia no dia a dia
– 10 dicas para viver melhor

alimentação natural

Alimentação e complementos.

4. Não praticar exercícios

Se a pessoa que ingere suplementos não tem uma vida de rotina física, sendo sedentária na maior parte do seu tempo, não poderá assimilar de forma saudável estes complementos. Um mínimo de atividades é exigido, pois o corpo precisará contrabalancear o seu metabolismo. Por exemplo, se o objetivo da pessoa é adquirir massa muscular, o suplemento utilizado elevará a carga de proteína de alto valor, mas para uma pessoa sedentária, esta carga poderá transformar-se em massa sem queimá-la, gerando o efeito contrário.

5. Não procurar um profissional

Tomar suplementos sem consultar antes um especialista da área, como um médico ou nutricionista é algo não recomendado até pela Organização Mundial da Saúde. Os riscos são altos se o seu uso for frequente, já que existe uma grande variedade de efeitos colaterais envolvidos.

Antes mesmo de ir atrás de um especialista, procure saber sobre os tipos de suplementos e profissionais que possam aumentar o seu nível básico de conhecimento sobre o assunto. Como exemplo temos o programa FarmaClinic da Santo Remédio, que além de dispor de vários modelos desse produto, também possui profissionais aptos para informá-lo sobre o uso do mesmo.

Gostou deste artigo sobre suplementos alimentares? Conheça mais sobre nossos conteúdos especializados na área da saúde e nutrição e leia 5 dicas para uma suplementação incrível.

Post a Comment

© Copyright 2018 | Todos os direitos reservados | Vanguarda Comunicação