5 dicas maravilhosas para combater a transpiração em excesso

5 dicas maravilhosas para combater a transpiração em excesso

Todas as pessoas suam, isso é normal. No entanto, quando há transpiração em excesso é um sinal que algo diferente está acontecendo em nosso organismo. Além de fatores biológicos, a transpiração também gera inconvenientes e desconfortos, e pode variar entre cada pessoa e o estilo de vida que ela leva. Nesta matéria, você vai conhecer 5 dicas fantásticas para combater esse problema.

Por que a transpiração ocorre em excesso?

Normalmente, as pessoas estão mais atentas aos odores que a transpiração causa do que com o verdadeiro motivo dela. A eliminação do suor, também chamada de sudorese, é a ação de liberar fluidos para regular a temperatura corporal. No entanto, uma transpiração constante, pode sinalizar problemas de saúde.

Conheça os fatores que geram a transpiração em excesso ou a sudorese crítica, alterando a temperatura do corpo nas axilas, palmas e rosto:

  •  Hiperidrose;
  • Problemas da tireoide;
  • Diabetes;
  • Doenças infecciosas;
  • Artrite, problemas cardiovasculares, estresse, alcoolismo, ansiedade, medicamentos, etc.

Desta forma, a sudorese é um fenômeno natural do corpo de autorregulação, mas o processo corporal de transpiração em excesso, como vimos, pode apresentar alguns riscos.

Como combater a transpiração em excesso?

Dentre os problemas de saúde listados acima, algumas condições externas, como excesso de calor, lugares fechados, tipos de alimentação, também influenciam a transpiração involuntária. Por isso, podemos elencar 5 principais dicas para você evitar passar por este desconforto.

1. Controle emocional

Cotidianamente encaramos algumas situações de preocupação e tensão que acabam fugindo do nosso controle. Logo, é comum transpirarmos em excesso em momentos de estresse  e ansiedade, mas se a transpiração passou a ser um sinal evidente do estado emocional, não hesite em buscar a ajuda profissional para que uma solução possa ser encontrada.

2. Alimentação

Cuide do consumo de alimentos muito calóricos, bem como os temperados com pimentas e condimentos fortes. Faça de tempos em tempos os chamados detox, para a eliminação de toxinas do corpo. Monte uma alimentação e dieta equilibrada, adicione alimentos ricos como legumes, frutas e verduras. Lembrando também que você deve beber muita água!

3. Escolha as roupas certas e evite a transpiração em excesso

Evite o uso constante de roupas muito apertadas, pois elas dificultam e até mesmo alteram o padrão da liberação e respiração das glândulas sudoríparas e das células. A pele precisa respirar! Roupas claras também ajudam a não absorver o suor, ao contrário das cores escuras. Em relação aos tecidos, opte por aqueles que produzem uma maior evaporação como por exemplo, roupas de algodão e linho.

Os tecidos sintéticos, tais como a lycra e o poliéster, não facilitam na respiração da pele. Não use sempre as mesmas roupas seguidas, alterne se possível todos os dias. Outra dica importante: evite compartilhar roupas e calçados com outras pessoas, pois estes podem conter bactérias que alteram a produção de suor.

4. Desodorantes e antitranspirantes

Cuidado com os tipos de desodorantes e antitranspirantes. Alguns deles possuem agentes à base de alumínio, que bloqueiam os canais das glândulas sudoríparas. Ao invés de amenizarem a transpiração em excesso, terminam por bloquear o processo de suor por completo, desregulando o trabalho das glândulas. Se você tiver uma pele sensível, dê preferência às marcas que tem menor quantidade de alumínio e álcool em suas fórmulas.

5. Higienização

Sempre no banho limpe um tempo a mais a região de suor, secando após com toalhas limpas e não úmidas. Se possível, depile ou apare os pelos. A quantidade de pelos prolonga a umidade e favorece a produção bacteriana.

Com estas dicas, é possível a gradual eliminação do desconforto e do excesso de transpiração no corpo. No entanto, se o problema for resultado de transtornos emocionais ou de ordem fisiológica, ou seja, causa de alguma doença, procure um médico imediatamente. No mercado existem medicamentos para a transpiração em excesso, mas somente indicados por orientação clínica.

Gostou deste artigo sobre transpiração? Pois é. Infelizmente este é um problema que incomoda muita gente e atrapalha quem quer passar o dia com uma pele bonita. Nada melhor do que tomar os cuidados necessários para que isso não aconteça, não é? Clique aqui e veja as nossas 10 dicas práticas para garantir uma pele bonita e saudável.

 

Compartilhar

Deixe uma resposta