Cigarro: está na hora de parar

O cigarro é um dos produtos de consumo mais vendidos no mundo mas as consequências do seu uso podem ser fatais, o fumo é responsável por graves doenças respiratórias, cardiovasculares e câncer. Entre os componentes do cigarro, podemos citar dois vilões: a nicotina, causadora de dependência física e psíquica, e o alcatrão, que contém substâncias cancerígenas.

Além de acarretar doenças para si próprio o fumante pode prejudicar a saúde de quem convive com ele, são os chamados fumantes passivos, o tabagismo passivo é a 3ª maior causa de morte evitável no mundo, subsequente ao tabagismo ativo e ao consumo excessivo de álcool. Fumantes passivos também sofrem os efeitos imediatos como, irritação nos olhos, manifestações nasais, tosse, cefaléia, aumento de problemas alérgicos, principalmente das vias respiratórias e aumento dos problemas cardíacos, principalmente elevação da pressão arterial e angina (dor no peito). Outros efeitos a médio e longo prazo são a redução da capacidade funcional respiratória (o quanto o pulmão é capaz de exercer a sua função), aumento do risco de ter aterosclerose e aumento do número de infecções respiratórias em crianças.

A convivência com um fumante aumenta o risco de doenças cardíacas coronarianas em 25% a 30%. O tabagismo diminui o colesterol bom, mesmo nas pessoas jovens. Existem cada vez mais indícios de relação entre o tabagismo passivo e o derrame cerebral. Mesmo exposições pequenas podem ter consequências sobre a coagulação do sangue, favorecendo a ocorrência de trombose. As pessoas com doenças cardíacas podem sofrer arritmias, diante da exposição à fumaça do cigarro. O risco de infarto do miocárdio também aumenta.

O impacto causado pelo cigarro na saúde é devastador. Portanto, se você tem o hábito de fumar, saiba que todas essas consequências podem ser evitadas com uma só atitude: apagar o cigarro para sempre.

 


Os benefícios obtidos ao se parar de fumar são muitos e já podem ser observados nos primeiros minutos sem o cigarro. Confira abaixo alguns benefícios listados pelo Ministério da Saúde.

  • Após 20 minutos sem fumar, a pressão sanguínea e a pulsação voltam ao normal;
  • Após 2 horas não há mais nicotina no sangue;
  • Após 8 horas o nível de oxigênio no sangue se normaliza;
  • Após 2 dias sem fumar o cheiro e o sabor dos alimentos olfato percebe melhor os cheiros o paladar já degusta a comida melhor;
  • Após 3 semanas a respiração fica mais fácil e a circulação melhora;
  • Após 5 a 10 anos o risco de sofrer infarto pode ser comparado ao de pessoas que nunca fumaram.

Fumar é um vício que afeta milhares de pessoas e mata cerca de 200 mil por ano no Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca). Dentro desse universo de mortes causadas pelo cigarro surgiu um fato animador em dezembro do ano passado.

Pesquisa divulgada pelo Ministério da Saúde em parceria com Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revela que o índice de pessoas que consomem cigarros e outros produtos derivados do tabaco é 20,5% menor que o registrado cinco anos atrás.

Essa pesquisa reflete uma nova mentalidade da população em relação ao cigarro que pode ser atribuída ao desenvolvimento de campanhas educativas e programas para livrar as pessoas desse mal.
Se você ainda faz parte desse grupo de fumantes fique atento à sua saúde e de quem convive com você, o cigarro traz consequências que podem ser irreversíveis. Pense a respeito!

As Drogarias Santo Remédio apoiam a Campanha Antitabagismo, cuide da sua saúde, largue o cigarro e viva mais!

Compartilhar

Deixe uma resposta