Aprenda em 7 dicas como ter um coração saudável

Como ter um coração saudável
Compartilhe:

É provável que você esteja cansado de ouvir que o sedentarismo é prejudicial para a saúde e é um fator de risco para adoecer um coração saudável. E o coração é um dos órgãos que mais sofre com a falta de atividade física. 

Para te ajudar a ter um coração saudável, nós elaboramos um material repleto de dicas que podem ser iniciadas hoje mesmo, basta querer. Afinal, é muito importante cuidar do seu bem mais valioso: a sua saúde.

 

Você pode se interessar por:

Autocuidado: como ter mais qualidade de vida? Descubra aqui

Afinal de contas, o que é um coração saudável?

O coração é órgão da vida. Ele se contrai e bombeia sangue de 60 a 100 vezes por minuto nas pessoas adultas. O que faz um coração ser considerado saudável é a resistência e a capacidade de funcionar sem interrupções ou falhas por anos a fio. E a manutenção dessa condição é obtida apenas cuidando bem da saúde e tendo bons hábitos de vida.

Segundo dados do Ministério da Saúde, cerca de 30% das mortes em nosso país têm relação com doenças cardiovasculares. A hipertensão arterial e a obesidade, figuram entre as origens desses problemas, além do fator hereditário que influencia bastante no desenvolvimento de problemas cardíacos. 

No dia 29 de setembro é comemorado o Dia Mundial do Coração, para informar e conscientizar sobre os cuidados com esse órgão tão importante. E para atender a esse chamado, vamos às dicas!

banner

 

 

7 dicas para manter um coração saudável

1. Pratique atividade física

Importante para manter o peso sob controle, diminuir os percentual de gordura e, consequentemente deixar o coração saudável. Escolha a atividade física que você mais gosta e a inclua no seu dia a dia.

2. Priorize noites bem dormidas

O sono precisa ser restaurador, portanto nem dormir demais nem de menos. Analise quantas horas de sono você precisa para se sentir revigorado no dia seguinte e se programe para seguir essa média.

Quando a qualidade do sono está afetada, o estresse é potencializado causando acidentes e aumentando as chances de ataques cardíacos.

3. Tenha uma alimentação equilibrada

Não precisa dizer adeus às comidas preferidas. Basta consumi-las com moderação. 

Na sua dieta regular, priorize alimentos mais saudáveis, reduzindo a quantidade de produtos refinados e ultraprocessados, que contém sal e açúcar em excesso. Uma atitude que beneficia a saúde como um todo, ajudando a ter um coração saudável.

A carne vermelha, apesar de irresistível para algumas pessoas, contém uma quantidade maior do colesterol LDL, considerado danoso à saúde. Reduza o consumo para 3 vezes na semana para não desregular os níveis de colesterol no organismo.

4. Controle a pressão arterial

Mesmo que você não tenha nenhuma condição de saúde que exija isso, é muito  importante medir a pressão arterial para verificar se ela está normal. Acima de 12 por 8 já acende um alerta para o risco de derrame, infarto e insuficiência cardíaca. Fique de olho!

Não esqueça de fazer seu check up anual e verificar como anda a sua saúde de modo geral.

5. Abandone o cigarro

Fumar cigarro não traz nenhum benefício para a saúde, então tire-o da sua vida para ter um coração saudável – e pulmões também! 

Apenas a atitude de parar de fumar já reduz drasticamente as chances de desenvolver câncer e outras doenças, acidente vascular cerebral (AVC), infarto e morte. 

6. Beba vinho tinto

Existe uma substância antioxidante presente nas uvas chamada resveratrol, que em pequenas quantidades, protegem o coração contra o envelhecimento e ainda reduz os níveis de LDL – o colesterol ruim. Apenas uma taça por dia é suficiente para deixar o coração saudável sem comprometer a saúde de outros órgãos.

7. Desestresse

Todo mundo sabe que o estresse não é aliado de um coração saudável. Então adote medidas para combatê-lo: medite, tenha hobbies, ouça suas músicas preferidas, faça terapia. 

Gostou do conteúdo? No artigo você aprendeu como manter o seu coração saudável com hábitos práticos e simples de adotar no dia a dia. E já que estamos falando de coração, que tal agora ler sobre Treinos funcionais: confira 5 benefícios desta atividade

Compartilhar