Quer se tornar um doador de sangue? Veja 10 coisas que você TALVEZ não saiba sobre o assunto!

Há muitas dúvidas em torno de se tornar um doador de sangue, ainda nos dias de hoje. Mesmo com a alta tecnologia e a internet para desvendar vários mistérios, as pessoas ainda têm medo de doar sangue por alguns mitos e por falta de informação.

Por isso, vamos resolver esses problema de uma vez por todas. Nada mais de dúvidas e inseguranças na hora de doar sangue. Agora você poderá ser um doador sem medo de salvar vidas!

Coisas que provavelmente você não deve saber sobre doação de sangue

1. Uma doação pode salvar até três vidas

Uma única bolsa de sangue pode ajudar a salvar até 3 vidas.Cerca de 450 ml de sangue doado, o equivalente a uma bolsa de sangue.

2. O sangue doado não é usado apenas para cirurgias

Os diferentes componentes do sangue possibilitam vários usos para diversos pacientes como:

O sangue total: é usado para pessoas que sofreram algum trauma ou passarão por cirurgias.

Hemácias: também é usada em traumas e cirurgias, além de pacientes com anemia e outra qualquer pessoa que sofreu perda de sangue ou com distúrbios sanguíneos como a doença falciforme, por exemplo.

Plaquetas: usada principalmente em tratamentos oncológicos e transplantes de órgãos.

Plasma: muito usado em paciente com queimaduras, choques e distúrbios de coagulação.

Fantos anti-hemofílicos crioprecipitado (CRIO): pacientes com hemofilia, um distúrbio em que o sangue não coagula normalmente, são os que mais fazem uso desse componente. Assim como os pacientes de coagulação hereditário comum, a doença de Von willebrand, um distúrbio de sangramento causado por baixos níveis de proteína de coagulação no sangue.

3. Menos de 2% da população brasileira doa sangue regularmente

Segundo o Ministério da Saúde, 1,8% da população doa sangue com regularidade. Abaixo dos 2% ideais definidos pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS). Isso quer dizer que os bancos de sangue do Brasil operam com um estoque baixo.

4. É possível acompanhar o estoque de sangue dos hemocentros

Você pode acompanhar os números citados acima e o volume de sangue disponível em cada um dos hemocentros do Brasil. E para ajudar os doadores, foi criado um aplicativo chamado Hemoliga, que conecta o doador com hemocentros.

5. Adolescentes de 16 e 17 anos podem doar sangue

Desde que cumpram todos os requisitos básicos para doação, fisicamente eles já podem ser doadores, mas por serem menores de 18 anos precisam de autorização dos pais ou responsáveis.

Matéria que você pode se interessar:
– Requisitos para doar sangue: você está apto para salvar vidas?

6. O sangue é reposto rapidamente pelo organismo

Existe sangue suficiente no corpo humano para doar de forma saudável. Além disso, o volume de sangue doado começa a ser reposto no organismo 24h após a doação. Mas para isso, é necessário estar com o peso acima de 50 kg e cumprir as condições para realizar a doação.

7. Doar sangue é um muito importante e não é demorado.

Doar sangue demora muito pouco, a coleta é feita rapidamente, leva aproximadamente 10 minutos. Mas com há uma triagem anteriormente, do momento em que doador entra no banco de sangue até o fim dos procedimentos, ele gasta em torno de 90 minutos. Isso na primeira vez. Nas vezes seguintes, o tempo gasto é entre 60 – 75 minutos apenas.

8. Pessoas com menos de 50kg não podem doar

O volume de anticoagulante da bolsa (63 ml) é padronizado para um mínimo de 400 mL de sangue, logo uma pessoa com peso menor que 50 quilos não poderia doar o volume mínimo, pois assim sobraria anticoagulante por que pode lesar os glóbulos vermelhos.

9. Quem tem tatuagem pode doar sangue sim!

Durante a realização de uma tatuagem, é possível adquirir alguns tipos de doença e, por isso, é preciso esperar um ano entre a data da tatuagem até a doação. Esse tempo é apenas uma medida de segurança para as pessoas que vão receber o sangue.

10. Não há nenhum substituto para o sangue!

O sangue humano executa muitas funções importantes e não há um substituto para ele. Na verdade, o que existe são expansores do volume e terapias de oxigênio que são usados para encher o volume de fluido e transportar o oxigênio e outros gases ao sistema circulatório. Mas de modo algum podem ficar no lugar do sangue.

Como você viu, doar sangue é fácil, simples e muito importante. Além disso, saber como funciona todo o processo de doação é fundamental para se tornar um doador de sangue. Por isso, veja o que fazer antes, durante e depois de doar sangue.

Compartilhar

Deixe uma resposta