Doenças de pele: conheça as mais comuns e saiba como se prevenir

Doenças de pele: conheça as mais comuns e saiba como se prevenir

Existem diversos tipos de doenças de pele, desde uma simples irritação até uma situação mais grave. Tem ainda umas que são pouco reconhecidas como doenças, que são os casos das estrias e celulites, que são inevitáveis.

A pele é o maior órgão do corpo humano e é composta por três camadas: a epiderme, a derme e a hipoderme. A pele isola o organismo humano dos componentes orgânicos do meio exterior, além de regular a temperatura corpórea.

Por ser a cobertura de todo o corpo humano, a pele está mais vulnerável a ter lesões e doenças. Algumas manchas na pele podem não ser muito sérias, mas também podem esconder o desenvolvimento de lesões mais graves.

Considerando que é de suma importância a prevenção e o tratamento das doenças de pele, trouxemos alguns tipo mais comuns:

Dermatite

Dermatite ou eczema é uma condição comum e não contagiosa causada por diversos motivos e com manifestações diferentes. A dermatite aguda se caracteriza basicamente por coceira, vermelhidão, inchaço e aparecimento de vesículas. A dermatite crônica caracteriza-se por coceira, ressecamento, espessamento e rachaduras na pele.

A dermatite pode ser classificada em dois tipo: de contato e atópica.

A dermatite de contato acontece quando alguma parte da pele é exposta a algum componente que causa irritação ou alergia. Geralmente o rosto e as mãos são os locais afetados.

O tipo atópica da dermatite é definido como uma doença crônica, que apresenta erupções que coçam e apresentam crostas. Esse tipo de dermatite pode vir acompanhado de asma ou rinite alérgica. Normalmente as áreas afetadas são as dobras as axilas e atrás dos joelhos.

Não existe cura para a dermatite, mas com certos cuidados é possível controlar os sintomas evitando que a pele fique muito seca e mantê-la sempre hidratada, por exemplo. Usar sabonetes e cremes neutros, e tomar banhos mais curtos e menos quentes também deve ajudar.


Leia também:

– 5 produtos para a pele que você precisa usar antes de dormir

– Saúde da pele: como se proteger nos dias mais frios do ano?


Melasma

Caracteriza-se por manchas escuras na pele que aparecem no rosto, braços e colo, principalmente em mulheres. As manchas são benignas e não trazem riscos para a saúde.

A doença não tem uma causa definida, mas muitas vezes a condição está relacionada ao uso de anticoncepcionais femininos, gravidez, disposição genética e, principalmente, à exposição solar.

A prevenção para a melasma é a proteção solar com uso de protetores diariamente e reaplicação durante o dia, mesmo nos dias nublados ou chuvosos. O protetor solar comum não protege totalmente pessoas com melasma e o uso de boné, óculos de sol e sombrinhas também é indicado para a proteção dos raios solares.

Rosácea

A rosácea é uma doença vascular inflamatória crônica, com atenuações e irritações. Ocorre principalmente em adultos e na maioria das vezes em mulheres. Quanto afetada nos homens tende a ser mais grave, evoluindo continuamente.

A doença não tem uma origem específica. Há uma grande predisposição genética em algumas pessoas, além de forte influência de fatores psicológicos. A rosácea caracteriza-se por uma pele sensível, geralmente mais seca, avermelhada e facilmente se irrita com ácidos e produtos dermatológicos. Afetando principalmente a região central do rosto.

É importante descobrir quando e como o problema começou, assim como fatores pessoais e familiares, psicológicos, alcoolismo, exposição à luz. Com o controle geral desses fatores, pode se conseguir um monitoramento eficaz da rosácea.  

Micose de praia ou pano branco

A pitiríase versicolor, conhecida como micose de praia ou pano branco, é uma doença de pele causada por fungos que consomem a queratina da pele, cabelos e unhas gerando crescimento excessivo de leveduras na pele.

Os sintomas incluem manchas de pele mais claras ou mais escuras do que a pele ao redor, geralmente no tronco e nos ombros e  não é contagiosa. Os sinais podem se manifestar através de fatores internos ou externos, como calor, umidade e o excesso de suor.

A melhor maneira de prevenir esta doença é manter uma boa rotina de higiene, evitar uso de cremes muito oleosos em regiões que já são oleosas. Manter a pele arejada e fazer uso de protetor solar com toque seco.

Doenças de pele: conheça as mais comuns e saiba como se prevenir

Diversas outras doenças podem afetar a pele, e o cuidado com ela é imprescindível. Fique atento a possíveis mudanças no seu corpo e consulte o médico regularmente.

Gostou do nosso conteúdo? Temos outro blog post que você pode se interessar: 5 tratamentos caseiros para a pele que podem ter o efeito contrário

Compartilhar