Exames ginecológicos: quais tipos de câncer eles podem prevenir?

exames-ginecologicos
Compartilhe:

O câncer é uma doença que consiste no desenvolvimento desordenado e incomum de células no organismo humano. Existem vários tipos de câncer e alguns desses neoplasmas podem parecer em mulheres como o câncer de mama e o do colo de útero, mas há outros tipo de câncer feminino e eles podem ser identificados com antecedência através de exames ginecológicos.

Por isso, nós estamos aqui para esclarecer suas dúvidas e ajudar você a ficar mais informado sobre esse assunto.

Um dos tipos de cânceres ginecológicos mais conhecidos é o de colo de útero, que hoje possui muitas campanhas informativas e preventivas contra esse tipo da doença.

Existem outros tipos, na verdade, incluindo o câncer de colo de útero,são cinco tipos de câncer ginecológico:

  • O câncer do endométrio;
  • O câncer de ovário;
  • O câncer vaginal;
  • O câncer de vulva.

E para ter um diagnóstico preciso é extremamente necessário que alguns exames ginecológicos sejam realizados para que, se necessário, seja iniciado um tratamento médico.

Como o câncer de colo de útero é um dos mais comuns vamos começar falando dele e qual exame ginecológico é indicado para diagnosticar o HPV.

Exame de papanicolau

Esse é o exame ginecológico que tem o intuito não de apenas diagnosticar o HPV, mas de prevenir a doença. Ele é rápido e simples, as células do colo de útero são colhidas e levadas para análise.

O exame é recomendado para mulheres a partir de 25 anos de idade que já começaram a ter atividade sexual. O Ministério da Saúde, aconselha que as duas primeiras coletas devem ser realizadas dois anos seguidos e, se não houver alteração, as próximas coletas devem ser feitas a cada três anos.

A análise acontece até os 64 anos da mulher. Já as mulheres acima dos 64 anos que nunca realizaram o papanicolau devem fazer dois exames com intervalo de até três anos. Se estiver tudo certo, não precisam mais realizá-los.

Você pode se interessar também por:
Saiba os benefícios de doar sangue: Veja quem pode e 6 motivos para começar
Câncer de vesícula biliar: afinal, como prevenir essa doença?

Colposcopia

Além do exame de papanicolau, a colposcopia é outro exame que ajuda a detectar e prevenir o câncer de colo de útero. Esse exame não é típico ou de rotina, mas auxilia e muito no diagnóstico de lesões no colo de útero que podem evoluir para um câncer.

Histeroscopia

histeroscopia
O exame de histeroscopia ajuda a prevenir várias doenças, entre elas o câncer do colo do útero.

Esse exame permite identificar possíveis alterações dentro do útero, e existem dois tipos:

Histeroscopia diagnóstica – tem como objetivo a visualização interna do útero para diagnosticar possíveis alterações ou doenças.

Histeroscopia cirúrgica – tem como objetivo tratar as alterações existentes dentro do útero.Ela é indicada no tratamento de pólipos, miomas, espessamento do endométrio, malformações da cavidade uterina e outros problemas.

A histeroscopia é um dos principais exames ginecológicos para o diagnóstico do câncer de endométrio, que é bastante normal, principalmente em mulheres acima dos 60 anos de idade. O tecido endometrial reveste a parede interna do útero, onde esse câncer se inicia.

O exame de histeroscopia serve para identificar e prevenir não só o câncer de endométrio, mas muitas outras doenças.

Exame pélvico

Esse exame é realizado para o diagnóstico de possíveis alterações além do câncer. Entretanto, como o câncer de ovário não pode ser identificado precocemente através de exame, pois ele não possui sintomas.

O câncer de ovário pode ser diagnosticado através do exame pélvico em que a parte externa dos órgãos genitais é inspecionada.

No exame pélvico é introduzido dois dedos pelo canal vaginal e, simultaneamente, pressionando o abdômen para buscar sentir o útero e ovários. Depois um dispositivo (espéculo) é inserido na vagina, para que seja possível verificar visualmente a anomalias.

O câncer de ovário pode ser tratado com quimioterapia, radioterapia ou cirurgia.

Ir ao ginecologista pelo menos uma vez ao ano para fazer exames é importante e pode prevenir diversas doenças.

Autocuidado

Cuida de si mesmo garante o seu bem-estar. O autocuidado é muito importante para ter uma vida saudável e tranquila. Procure fazer atividades físicas e alimentar-se melhor, além de procurar cuidar da saúde da mental.

Pensando nisso, disponibilizamos um infográficos com alguns hábitos que vão melhorar a sua vida e garantir mais bem-estar. Confira!

Compartilhar