Hipertensão arterial: tudo o que você precisa saber

hipertensao-arterial
Compartilhe:

Fraqueza, tontura, zumbido e dor no peito ou na cabeça. Você já sentiu esses incômodos alguma vez? Eles são alguns dos sintomas clássicos da hipertensão arterial, ou simplesmente pressão alta como também é chamada. 

Doença geralmente herdada dos pais, ela pode ser desenvolvida se maus hábitos alimentares e estilo de vida desregrado fazem parte da rotina da pessoa. E para aprender como tratar e evitar a hipertensão arterial é só continuar a leitura do artigo que elaboramos para você. Vamos começar?

Atenção: esse conteúdo é mero e exclusivamente informativo e não substitui a consulta com um especialista.  

 

Leia também:

– 5 receitas para diabéticos e hipertensos para fazer em casa

Entenda a Hipertensão Arterial

De acordo com últimos dados divulgados pelo Ministério da Saúde, no ano de 2019, um total de 60,9% das pessoas com mais de 65 anos têm o diagnóstico da doença.

Como o próprio nome já diz, a hipertensão arterial aumenta a tensão do sangue durante a circulação pelo corpo. Ao se deparar com artérias estreitas, o fluxo de sangue precisa que o coração bombeie com mais força para ele poder passar. A hipertensão faz o órgão dilatar e danifica as artérias. 

Engana-se quem pensa que pressão alta anda sozinha. Ela geralmente está acompanhada de colesterol alto e obesidade. E não é uma doença que só afeta pessoas idosas. Mesmo que a maior parte dos casos esteja nesta faixa etária, as pessoas mais jovens precisam ter certos cuidados.

Conheça os fatores de risco que podem ser decisivos para desenvolver hipertensão arterial.

  • Uso de cigarro;
  • Consumo excessivo de bebidas alcoólicas;
  • Obesidade;
  • Diabetes;
  • Estresse;
  • Alto consumo de sal;
  • Sono inadequado;
  • Taxas desreguladas de colesterol;
  • Sedentarismo;
  • Idade avançada.

banner

Como diagnosticar?

Se você faz check up uma vez ao ano, fica mais fácil detectar alterações na saúde que podem levar a desenvolver hipertensão arterial. O exame de aferição de pressão exerce um papel importante no diagnóstico.

A orientação é que pessoas acima de 20 anos precisam medir a pressão pelo menos uma vez por ano. Ao passo que pessoas com histórico familiar de hipertensão arterial devem medir ao menos duas vezes por ano.

Caso não faça check up, a pressão alta é uma doença silenciosa e quando surgem os sintomas – sempre de forma repentina – é porque ela já está instalada no organismo. Confira os sintomas:

  • Dores no peito ou palpitações;
  • Dor de cabeça;
  • Tonturas;
  • Zumbido no ouvido;
  • Fraqueza ou cansaço excessivo;
  • Visão embaçada;
  • Formigamento dos membros;
  • Aumento na frequência urinária;
  • Sangramento nasal.

Ao sentir um ou mais sintomas como estes citados acima, procure imediatamente um médico para investigar e começar o tratamento. 

A hipertensão arterial pode levar a óbito caso não seja tratada. Mesmo sem ter cura, ela pode ser controlada com o uso de medicamentos específicos e receitados por um especialista, aliados a uma dieta equilibrada e atividade física regular. Veja o vídeo que a Santo Remédio elaborou sobre o tema clicando aqui.

Ter esse controle sobre a doença evita infarto, derrame cerebral e paralisação dos rins.

Como evitar?

A prevenção é aquela máxima que você vê por todos os lugares: hábitos saudáveis.

Uma dieta equilibrada somada a prática de exercícios físicos é a combinação perfeita para evitar não só a hipertensão arterial, como diversas doenças.

Portanto, comece hoje mesmo incluindo os seguintes hábitos à sua rotina:

  • Controle o peso;
  • Não abuse do sal e nem de realçadores de sabor;
  • Encontre a atividade física mais prazerosa e se dedique a ela;
  • Largue o cigarro;
  • Não exagere no consumo de bebidas alcoólicas;
  • Evite consumir frituras e outros alimentos gordurosos com frequência;
  • Mantenha o diabetes sob controle.

Viu como não é uma tarefa complexa evitar a hipertensão arterial? Ter determinação é o primeiro passo e, com um pouco de planejamento, é possível viver com mais saúde e qualidade de vida.

Gostou do conteúdo? Você viu no artigo que a hipertensão arterial, uma vez diagnosticada, pode ser mantida sob controle adotando hábitos mais saudáveis para ter mais qualidade de vida. Para ler mais sobre esse e outros assuntos, acesse o nosso blog. Lá tem informação de qualidade e muitas dicas de saúde e bem-estar. Clique aqui para acessar e boa leitura!

Compartilhar