Saiba como a imunidade baixa prejudica a saúde dos idosos

Saiba como a imunidade baixa prejudica a saúde dos idosos
Compartilhe:

Em todas as fases da vida nos deparamos com saúde fragilizada, seja por incidentes do dia a dia seja pela imunidade baixa. Essa última, sem dúvida, é um dos principais fatores de risco, que ocorre em qualquer idade. E para driblar o surgimento das doenças, a adoção de hábitos saudáveis como uma boa alimentação, aliada à prática regular de atividades físicas, fazem toda a diferença.

No entanto, alguns grupos podem ter mais dificuldade em manter a imunidade forte, é o caso das pessoas da melhor idade. Nesta matéria, nós, da Santo Remédio, vamos mostrar como ela prejudica os idosos e o que fazer para manter a saúde fortalecida. Confira!

O que é a imunidade baixa

A imunidade nada mais é que um conjunto de mecanismos que atua para proteger o corpo de agentes invasores infecciosos.

A imunidade baixa é quando essas ferramentas ficam fracas demais e não conseguem mais proteger com eficiência o organismo.

Ela normalmente está relacionada a doenças e infecções que podem atacar o organismo das pessoas. Uma pessoa com a imunidade baixa fica favorável à ataques de vírus e bactérias que podem provocar diversas doenças.

Com o avançar da idade, a imunidade naturalmente vai diminuindo, por isso o cuidado com a saúde do idoso é muito importante. E repor as vitaminas que são necessárias para manter o sistema imunológico ativo é fundamental para o bem-estar.

O que é o sistema imunológico

É uma barreira natural do corpo que reage às ações de vírus, micróbios e bactérias. Essa barreira, o sistema imunológico, é composta por milhões de células de diferentes tipos e com diferentes funções, que garantem a defesa do organismo e mantém o corpo funcionando livre de doenças. Quando essas células estão com o número reduzido, o organismo fica sujeito a doenças oportunistas como gripes e resfriados, por exemplo.


Não deixe de conferir também:

Saúde do idoso: 5 cuidados essenciais ao tomar medicamentos

Saúde dos Idosos: os cuidados necessários na terceira idade!


Causas da imunidade baixa

Existem diversos fatores que fazem o organismo ficar mais vulnerável. Durante uma gripe, por exemplo, o corpo fica mais suscetível a adquirir doenças sem que a pessoa necessariamente tenha um problema de saúde. Mas outras causas pelo enfraquecimento do sistema imunológico são: 

– Regressão do timo: uma glândula que produz substâncias que amadurecem as células de defesa do organismo. O timo começa a se degenerar a partir da puberdade.

– Estresse: as células de defesa são inibidas pela produção de hormônios ligados ao estresse, como o cortisol e adrenalina.

– Maus hábitos alimentares: o corpo não adquire nutrientes necessários para produzir anticorpos, substâncias que impedem a ação de agentes invasores no organismo.

– Depressão: idosos deprimidos produzem menos células de defesa em resposta à infecções.

– Insônia: assim, como a depressão, a insônia diminui o número de células de defesa que agem contra agentes infecciosos.

– Uso abusivo de medicamentos: por causa do uso de medicamentos sem orientação médica, o sistema imunológico tende a ficar menos resistentes a doenças oportunistas.

Como saber que a imunidade está baixa

Quando há uma queda na imunidade o corpo reage com alguns sintomas, e por isso é necessário ficar atento a sinais como:

  • Infecções recorrentes, como amigdalite ou herpes;
  • Doenças simples que demoram a passar, como gripes e resfriados;
  • Febre frequente e calafrios;
  • Otites no ouvido;
  • Olhos frequentemente secos;
  • Cansaço excessivo;
  • Náuseas e vômitos;
  • Diarreia por mais de 2 semanas;
  • Manchas vermelhas ou brancas na pele;
  • Queda acentuada de cabelo;
  • Unhas fracas.

Como a baixa imunidade afeta os idosos

Ao alcançar a melhor idade, o corpo naturalmente sofre desgastes e alterações hormonais, o que contribui para diminuir a imunidade. É nesse momento que um conjunto de fatores podem abrir portas para doenças infecciosas. O corpo se torna mais vulnerável e as infecções que antes eram fáceis de tratar, ou seja, podem demorar muito mais tempo para curá-las.

Quando procurar um médico

Caso apareçam dois ou mais sintomas de baixa imunidade, ou quando tiver doenças que enfraquecem o sistema imunológico é indicado que você procure o médico. Assim, ele poderá solicitar exames para averiguar as condições reais da sua saúde.

Dicas de como fortalecer a imunidade

As dicas de saúde não incluem nenhuma novidade, o importante é colocá-las em prática. O ideal e indispensável é investir numa alimentação balanceada, livre de industrializados, praticar atividades físicas e evitar situações estressantes. O uso de drogas como tabaco e álcool, também prejudicam o organismo. Por isso, evite o consumo dessas substâncias.

Além disso, outras dicas para turbinar a imunidade são:

Manter a carteira de vacinação em dia – essa é a chance de adquirir anticorpos que irão defender o seu organismo sem que você sequer fique doente. A vacina é a imunização contra doenças que podem levar a graves consequências

Durma bem – é durante o sono que o corpo descansa e aproveita para se regenerar e regular suas funções. E para que ele esteja em alerta é necessário que ele recupere as energias que gasta durante todo o dia.

Evite estresse – o estresse é uma das causas pela baixa na imunidade, por isso é necessário evitar ao máximo esse mal. Para aliviar essa condição, você pode:

  • Reservar momentos para a família e os amigos;
  • Não guardar raiva o rancor;
  • Utilizar técnicas de meditação no dia a dia;
  • Ter alguma atividade para aliviar o estresse.

Tome sol – a luz solar ajuda a fortalecer a defesa do corpo por meio da vitamina D, que é sintetizada no corpo e também energiza as células-T do organismo, responsáveis por eliminar os patógenos.

Consuma alimentos fortalecedores do sistema imunológico – alguns tipos de alimentos podem ser ótimos aliados da sua imunidade. São eles:

  • Frutas ricas em Vitamina C;
  • Cebola e alho;
  • Brócolis;
  • Nozes, sardinha e salmão;
  • Uva roxa e vinho tinto.

Este conteúdo foi útil para você? Saiba que uma saúde fortalecida depende de um conjunto de fatores, e um deles é a prática regular de atividades físicas. Para ajudar você, não deixe de conferir a nossa matéria: os principais benefícios dos exercícios físicos para o corpo.

Compartilhar

Deixe uma resposta