Massagens para ansiedade: conheça 5 técnicas de relaxamento

Saiba como se livrar da tensão do dia a dia com 5 massagens para a ansiedade. Confira as técnicas mais comuns no artigo!
Compartilhe:

O dia a dia agitado e corrido é uma das principais causas de tensão. Os efeitos no corpo podem afetar o funcionamento do organismo e ainda facilitar o aparecimento de doenças. Por isso, as massagens para a ansiedade são a melhor pedida para relaxar e desestressar.

*Atenção: este material é meramente informativo e não substitui avaliação médica, tampouco os tratamentos necessários para ansiedade em grau clínico.

Confira no artigo como fazer isso com 5 técnicas simples. Vamos começar?

Você pode se interessar por:

– O que fazer nas férias? Veja atividades divertidas para aproveitar bem o período

Por que apostar em massagens para ansiedade

A rotina já tem ação suficiente para causar preocupação, cansaço e desânimo. Somado a tudo isso, existe um contexto pandêmico e toda a carga emocional que essa nova realidade representa para a vida de cada um.

O estresse faz o organismo liberar cortisol, um hormônio que, em excesso, desencadeia doenças como diabetes, osteoporose, pressão alta e a própria ansiedade. 

As massagens para ansiedade vêm como uma ferramenta para uma vida com mais qualidade. Além do mais, o toque na pele promove sensações boas como: acolhimento, carinho e conforto – benéficos tanto para o corpo quanto para a mente.

Definitivamente é um caminho melhor e mais seguro que apelar para comportamentos que podem até aliviar a tensão, mas podem comprometer a saúde. Ingerir bebida alcoólica ou fazer uso de substâncias perigosas podem até trazer alívio momentâneo, mas também trazem efeitos colaterais desagradáveis para a saúde mental e física.

Avalie se é necessário recorrer à ajuda profissional caso a ansiedade esteja fora de controle e atrapalhando as tarefas diárias. Agora, se é a ansiedade que vem do excesso de estresse e não é uma constante, as 5 técnicas podem aliviar o quadro quando ele se apresentar.

– Fadiga excessiva: o que pode ser e como a alimentação pode ajudar? Descubra 

5 técnicas de massagens para ansiedade

As técnicas, baseadas na medicina oriental chinesa, estão baseadas no princípio de que o corpo é interligado. Nesta rede de pontos, dá para acessar toda a energia circulante, e, se pressionados os pontos certos, pode aliviar dores e equilibrar emoções. 

Estas 5 técnicas de massagem para ansiedade podem ser feitas a qualquer momento, sobretudo se a mente está agitada. Veja só:

 

  1. Meio da testa

O ponto a ser pressionado é entre as sobrancelhas, chamado de Yintang. O local, quando estimulado, ajuda a aliviar a ansiedade. É só fechar os olhos, respirar fundo e pressionar por alguns segundos.

 

  1. Topo da cabeça

Este ponto é chamado de Baihui e fica no meio do crânio, responsável por acalmar as emoções e os sentidos. Para estimulá-lo, é só usar os dois dedos indicadores e pressionar por alguns segundos, mantendo um ritmo de respiração profunda.

 

  1. Prega interna do punho – 1º ponto

Na altura do dedo mindinho, o primeiro ponto é o Shenmen. Com ele é possível se livrar de sentimentos de inquietudes e angústias. É só fechar os olhos e usar o polegar para pressionar este ponto. Respire profundamente enquanto faz movimentos circulares.

 

  1. Prega interna do punho – 2º ponto

Entre os dois tendões está o ponto Daling. Ideal para tratar aquela palpitação e sensação de opressão no peito. Feche os olhos e pressione o ponto com o polegar, fazendo movimentos circulares, respirando profundamente.

 

  1. Prega interna do punho – 3º ponto

Na linha da calma, como também é chamada, está o ponto Taiyuan. é neste local que dá para sentir a artéria radial pulsar. É possível até melhorar episódios de tosse e dor de garganta estimulando este ponto. Para ativar, vale o mesmo dos pontos anteriores: respiração profunda e olhos fechados enquanto pressiona o ponto com o polegar. 

Gostou do nosso conteúdo? Nele, você viu que as massagens para a ansiedade são ótimas para relaxar a tensão e ter um dia a dia mais proveitoso e sem sentir tanto os impactos do estresse. E por falar em cuidados, nós temos um artigo que pode interessar a você:

– Autocuidado: veja as práticas mais importantes para ter mais saúde e qualidade de vida

banner

 

Compartilhar