Esportes para reduzir colesterol: conheça os 7 mais indicados + dieta completa

O colesterol é um tipo de gordura presente em todas as células do corpo que exerce funções importantes no organismo. Ele pode ser prejudicial para a saúde, pois leva a algumas doenças graves. Por isso, é importante ter bons hábitos, para reduzir colesterol ruim.

Colesterol bom X ruim

Existem dois tipos de colesterol, o bom e o ruim. O bom colesterol é o conhecido como HDL (high density lipoprotein), e significa lipoproteína de alta densidade. Tem este nome porque é uma gordura cheia proteínas e é bem mais densa do que o colesterol ruim.

Já o vilão da história, é chamado de LDL (low density lipoprotein) que significa lipoproteína de baixa densidade e possui mais gordura que proteína, por isso é ruim. Esse LDL leva o outro colesterol produzido pelo fígado para vários tecidos do organismo.

Por isso, é preciso manter o colesterol equilibrado. O que pode ajudar é ter uma vida mais ativa. Não precisa ser o maior dos atletas, só de praticar algum esporte ou atividade física já está valendo.

Como os esportes podem ajudar a reduzir o colesterol?

A prática de esportes pode ajudar (e muito) a controlar possíveis anormalidades nos níveis do colesterol. Além de aumentar o HDL, que protege o organismo de doenças coronarianas que pode levar ao quadro de doenças graves como infarto, angina e até ao AVC.

Os níveis de colesterol alto diminuem durante a prática de esportes fazendo com que a circulação sanguínea aumente o fluxo de sangue nas veias evitando que o LDL se acumule nas paredes das arterias. Pensando nos benefícios dos esportes para a sua saúde separamos alguns exercícios físicos que podem ajudar a reduzir o colesterol ruim. Confira!

Natação

Uma boa dica é a natação, pois se trata de um esporte completo. Ela é excelente para reduzir os níveis de LDL, trabalha grande parte da musculatura e as articulações e você ainda melhora o desempenho cardiorrespiratório.

Caminhada

A caminhada é a forma mais viável para ter uma vida saudável. E o melhor é que você não paga nada por isso. Mas nem tudo são rosas, para conseguir ter bons resultados é importante ter regularidade no exercício.

O ideal é caminhar de 5 a 7 dias por semana por 30 minutos já é suficiente para reduzir até 30% os riscos cardíacos. Os benefícios começam a aparecer mais ou menos em três meses de atividade. Seja persistente, não desista da sua saúde.

Além de todos esses benefícios já citados, a caminhada é eficaz para diminuir o risco de hipertensão, diabetes e doenças do coração.

Bicicleta

Esse esporte ajuda a fortalecer o coração, diminui as taxas de colesterol e triglicérides no sangue. É excelente para ampliar o condicionamento físico e a resistência.

Você pode pedalar tanto em uma bicicleta ergométrica, como em uma comum, os resultados serão os mesmos. O importante é começar a se exercitar.

Musculação

Quando a musculatura é exercitada o coração sofre menos sobrecargas do dia a dia e tem menos chance de sofrer com doenças cardiovasculares. Fazer musculação regularmente diminui o percentual de gordura corporal, colesterol e triglicérides.

Yoga

Por até não parecer, mas o yoga possui os mesmos benefícios para a saúde do coração que as atividades aeróbicas. Além de reduzir fatores de risco para o desenvolvimento de hipertensão, colesterol e índice de massa corpórea (IMC).

Praticar yoga, faz bem tanto para o corpo quanto para a mente, assim como os outros esportes.

Aeróbicos

Os exercícios aeróbicos são excelentes para aumentar o nível de HDL, enquanto a musculação é indicada para a redução do LDL. Mas para obter melhores resultados, o indicado é combinar os dois tipos.

Quais alimentos introduzir na dieta para reduzir o colesterol?

Para obter bons resultados é necessário fazer exercícios físicos e adquirir bons hábitos alimentares. Só com uma dieta balanceada você poderá realmente equilibrar o colesterol e proteger a sua saúde.

Por isso, separamos alguns alimentos para você adicionar ao seu cardápio diário separadas por refeição:

No café da manhã:

Opte por frutas como laranja, melão, mamão papaia, abacaxi, abacate. Pode ser tanto as frutas em si, como seus respectivos sucos.

No almoço e na janta:

Você pode introduzir peixes na sua dieta, além de algumas iguarias que podem temperar a refeição como alho, azeite de oliva extravirgem, semente de abóbora, alcachofra, linhaça e chia, que são ótimas fontes de fibras, que reduzem a absorção de gordura e colesterol.

Nos lanches:

Uma ótima dica é consumir aveia e chocolate amargo. Chá Verde e canela são ótimas opções, assim como o açaí, que é um alimento bastante gorduroso, mas são gorduras que auxiliam na redução do colesterol.

Dicas fundamentais sobre o colesterol

Nós temos um material exclusivo bem mais aprofundado sobre o colesterol bom e ruim, com todas as informações e dicas que você precisa saber. Baixe gratuitamente o infográfico clicando na imagem abaixo.

Compartilhar

Deixe uma resposta