Sabonete íntimo feminino: os cuidados com sua higiene

Saiba mais sobre os cuidados de sua higiene com os tipos de sabonete íntimo feminino
Compartilhe:

O produto que promete limpeza suave e aroma agradável na vulva. À primeira vista parece uma boa solução, mas será que o sabonete íntimo feminino é mesmo um item realmente necessário para a higiene e saúde da mulher?

Confira a leitura do artigo para encontrar a resposta sobre os melhores cuidados com a higiene, usando ou não este produto. Vamos lá?

Você pode se interessar por:

– HPV na mulher: como a infecção pode estar associada ao câncer de colo de útero

Higiene íntima

Existem uma série de cuidados que envolvem a higiene íntima da mulher e que, provavelmente, você já sabe.

Ações como nunca se limpar de trás para a frente, fazer xixi após as relações sexuais e evitar duchas vaginais são hábitos que precisam fazer parte do seu dia a dia para manter a saúde da vulva.

Usar ou não sabonete íntimo feminino é uma escolha pessoal. Ele não é um produto essencial, mas há quem goste da sensação de limpeza que ele dá. 

Por que não usar sabonete íntimo feminino?

A vulva só precisa de água e sabão neutro para ser higienizada. O sabonete íntimo feminino, assim como os lenços umedecidos, possuem agentes químicos fortes que podem alterar o pH da região, irritar a pele e até mesmo tirar a proteção natural.

A vulva é uma área delicada do corpo, que possui naturalmente uma fina camada gordurosa protetora. A limpeza com produtos fortes resseca, causa coceira e corrimentos.

O muco que às vezes fica na calcinha é uma secreção natural, visto que a vagina é autolimpante. Lembrando que o muco cervical é branco, sem cheiro e não causa coceira. Qualquer secreção diferente disso precisa ser investigada por um ginecologista.

Leia também:

– Anda tendo muito corrimento vaginal? Pode ser candidíase!

E se eu quiser usar sabonete íntimo feminino?

Não tem problema! Se você gosta da sensação de limpeza que o sabonete íntimo feminino dá, a recomendação é que a higiene seja feita usando apenas os dedos. Esponjas, hastes de algodão podem lesionar a vulva. 

Outro detalhe importante: a higienização deve ser feita apenas na área externa, com movimentos leves. A parte interna, que é a vagina, possui menor acúmulo de gordura, então não precisa se preocupar com uma limpeza intensa.

É importante mencionar que o pH na vagina é o que determina o equilíbrio. Ela é naturalmente ácida para um maior controle de bactérias e fungos. Jatos de água ou o uso excessivo de sabonete íntimo feminino facilita a proliferação de microorganismos nocivos.

Equilíbrio é a chave

Agora que você já está munida das informações certas, vamos a algumas dicas essenciais para o uso correto do sabonete íntimo feminino. Ele pode ser usado todos os dias, desde que:

  • Evite a parte genital interna para não causar alergias;
  • Use uma vez ao dia, no máximo;
  • A higienização não dure mais que 3 minutos;
  • Não esfregue a região com intensidade.

Este conteúdo foi útil para você? Em nosso artigo, você viu que o uso de sabonete íntimo feminino é um assunto que divide opiniões, mas que, com equilíbrio e informação de qualidade, usar não é um problema. 

E por falar em saúde da mulher, nós temos alguns assuntos que podem interessar:

– Autoexame de mama: aprenda a fazer e saiba por que ele é essencial

Compartilhar