Dieta para hipertensos: veja o cardápio ideal para quem tem pressão alta

mulher comendo maçã e de dieta

Não é de hoje que se fala dos riscos que a má alimentação representa para a saúde. Um dos problemas mais comuns decorrentes dela é a hipertensão. De acordo com dados do Ministério da Saúde (MS), a pressão alta, como também é chamada a hipertensão, afeta um em cada quatro brasileiros adultos. Isso requer pensar em uma dieta para hipertensos.

Você sabe quais alimentos ajudam a controlar a pressão alta? Neste artigo, você vai conferir o cardápio ideal para adotar agora mesmo. Além disso, também vamos mostrar algumas dicas importantes para manter a saúde em dia. Acompanhe!

Dieta para hipertensos: veja o cardápio ideal para quem tem pressão alta

Café da manhã

A primeira refeição do dia precisa conter os nutrientes necessários para começar bem. Não se trata de cortar pela metade a quantidade de alimento que você está acostumado. Mas sim de substituí-los por alternativas mais saudáveis para o corpo.

Para o café da manhã, indicamos que você separe os tipos de alimentos para ser consumido em três dias alternados, para não se tornar enjoativo. Veja:

Para o primeiro dia, indicamos o leite desnatado + pão integral com queijo. Para o segundo, substitua o leite por iogurte (também desnatado) + cereais integrais de aveia. E para o terceiro, você pode retornar com o leite desnatado, misturado com café, + torradas integrais com margarina, mas sem exagero, hein!

Lanche da manhã

Quem não gosta de dar um reforço de leve no café antes do almoço? Essa prática já é costume do brasileiro, mas também precisa de cuidado. O “reforço” precisa ser feito com alimentos naturais, que não representam perigo para o organismo. Vamos às indicações:

Coma uma maçã, banana ou outra fruta de sua preferência, mais 2 castanhas. Se preferir, também pode tomar um suco com bolachas integrais. Ah, as frutas podem ser misturadas com flocos de aveia ou outros cereais que sejam de sua preferência. Também indicamos que você consuma esses alimentos de forma alternada.


Não deixe de conferir também:
– 5 passos para reduzir o consumo de açúcar na sua alimentação
– 5 hábitos que prejudicam demais a saúde do coração


Almoço e jantar

Essa é a hora em que costumamos encher os olhos (e o estômago) de coisas gostosas. Mas não podemos exagerar, afinal, por serem as principais refeições do dia, geralmente temos a ideia de que podemos ingerir uma quantidade maior. Esse hábito nem sempre é saudável, principalmente se a comida for rica em calorias e processados.

Mas chega de conversa e vamos ao que interessa: o cardápio ideal.

  • Primeiro dia
    Frango ao forno + 4 colheres de sopa de arroz + 2 colheres de sopa de feijão + salada crua de alface, tomate e pepino.
  • Segundo dia
    Peixe cozido + 2 batatas médias + salada de cebola, vagem e milho. Se quiser, também pode acrescentar algumas colheres de feijão.
  • Terceiro dia
    Frango em cubos com molho de tomate + macarrão integral + pimentão, cebola, azeitona, cenoura ralada e brócolis.

A carne vermelha está liberada?

carne vermelha no supermercado

Com moderação! Na verdade, quanto menos, melhor. Prefira carnes magras e, de preferência grelhadas ou assadas. Carnes com gordura são grandes vilões da saúde, por isso, cuidado!

O cardápio que mostramos acima possui os nutrientes necessários para manter a saúde em dia. É importante saber que são apenas sugestões para melhorar as suas refeições, mas você pode alternar os alimentos conforme as suas condições.

Ingredientes para as suas refeições

É importante também ficar atento aos ingredientes que você põe na comida. Você sabe o que a salsa, cebolinha, coentro, alecrim, sálvia, manjericão e o louro têm em comum? Todos são ótimos temperos naturais e, por isso, podem substituir como nenhum outro alimento o uso de sal, um dos vilões da hipertensão.

O alho, tempero indispensável para grande parte da população também é um ótimo amigo da saúde. Fonte de vitamina C, tem um alto poder antioxidante e atua na diminuição dos radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento precoce, câncer e até doenças cardíacas.

A combinação de diversos elementos presentes nesse alimento, como o magnésio, auxilia na dilatação dos vasos sanguíneos, reduzindo a pressão e facilitando a circulação do sangue.

Portanto, na hora do preparo, não esqueça de acrescentá-los na panela, hein!

Lanche da tarde

Não há muito mistério. Na verdade, as indicações mudam pouco do café da manhã. A principal diferença está na substituição do leite com café para sucos e vitaminas. Beba vitamina de banana, abacate ou mamão, preparado com leite desnatado, vale lembrar.

As frutas, torradas, sementes e cereais também são indicados. Você pode inclusive acrescentá-los no preparo da sua vitamina. Além de saboroso, contribuem, e muito, para a manutenção da sua saúde.

Gostou das dicas? Nós sabemos que mudar radicalmente os hábitos alimentares pode não ser tão prazeroso assim. A ideia é que o novo hábito seja adotado aos poucos, sem muita pressão. A dieta para hipertensos na verdade serve para todos, independente da condição de saúde. Afinal, prevenir é melhor do que remediar. Saiba agora como adequar a alimentação para prevenir doenças do coração.

Compartilhar