Saúde infantil: 5 doenças que afetam as crianças no verão

Saúde infantil: 5 doenças que afetam as crianças no verão

O verão é a estação que muitas crianças estão aguardando, pois é sinônimo de férias, além de ser um momento para se divertir na praia, piscina e em outros lugares. Contudo, é importante ter alguns cuidados com a saúde infantil durante esse período.

Diversos problemas de saúde podem afetar as crianças nessa época do ano, pois algumas doenças são típicas do verão. Por isso, é importante ter atenção e cuidados na hora de levar os pequenos para se divertir durantes as férias.

Para ajudar você, nós listamos as principais doenças que podem prejudicar a saúde das crianças. Acompanhe até o final e saiba como proteger os pequenos!

Leia também:
Como as atividades físicas auxiliam no tratamento da asma?
Fraldas infantis: o que você precisa saber sobre esse item?

5 doenças que prejudicam a saúde infantil

O calor oferece condições ideais para desenvolver certas doenças nos bebês e crianças, pois a combinação do sol, água do mar ou piscina contribui para a ocorrência de problemas de saúde.

Durante a primeira infância, os pequenos estão expostos a qualquer tipo de incômodo, por isso todo cuidado é pouco.

1. Insolação

Ficar muito tempo exposto ao sol, principalmente entre os horários das 10h às 16h, em que os raios ultravioletas estão mais fortes, pode provocar à insolação. Essa exposição solar é um perigo para a saúde dos pequenos, pois a pele da criança é mais sensível.

A criança pode apresentar sintomas, como:

  • Febre;
  • Vômitos;
  • Náuseas e diarreias.

Além disso, é possível que a pele fique vermelha e as crianças sintam dores de cabeça. Geralmente, os sintomas duram entre 24 e 48 horas e costumam sumir ao final do dia.

Então, para evitar que o seu filho tenha insolação, proteja a criança adequadamente do sol, com bonés ou chapéus e roupas que cubram boa parte do corpo. Ofereça bastante líquido às crianças para mantê-las hidratadas.

Contudo, para os bebês maiores de seis meses, é fundamental fazer o uso constante de protetor solar.

2. Otite

Esse problema de saúde é bastante comum nessa época do ano. Os parques aquáticos e praias são bastante frequentados durante as férias, e as águas das piscinas ou mar podem transportar bactérias ou fungos que infeccionam o ouvido externo.

A otite causa dores intensas no ouvido, e os seus principais sintomas são:

  • Febre;
  • Dor no ouvido (eles ficam muito irritados quando vamos mexer na orelhinha);
  • Secreção ou cheiro ruim no ouvido;
  • Perda de apetite;
  • Mudança no sono;
  • Diarreia e vômito.

Se a criança apresentar esses sintomas, é importante procurar um médico especialista, pois a infecção é um problema sério. Dessa forma, é possível começar o tratamento ideal, pois envolve antibióticos, gases e comprimidos.

3. Micose

A micose é um tipo de infecção contagiosa que pode atingir qualquer pessoa, porém é mais comum surgir em crianças.

O chão está repleto de vários micro-organismo, principalmente bactérias e fungos que se proliferam na região umedecida ou quente dos pés, causando a micose.

O verão é o momento ideal para gerar esse problema, pois a micose mais comuns é a frieira entre os dedos dos pés. Os principais sintomas são o surgimento de pequenas bolhas avermelhadas, com bordas brancas elevadas.

Para evitar a micose, higiene as regiões mais escondidas do corpo das crianças. Após o banho, seque bem as crianças, pois os fungos têm mais facilidade de se proliferar nas áreas úmidas. Além disso, tenha uma toalha específica para secá-las, pois a micose pode ser transmitida por roupas.

É possível que a micose atinge o couro cabeludo também, as caspas são os principais sintomas desse tipo. Então, se a doença atingir seu filho procure ajuda médica para tratá-la, pois existem diferentes tipos.

4. Desidratação

Durante as férias, as crianças podem praticar atividades físicas ao ar livre, ou simplesmente brincar nos parques, passando muito tempo embaixo do sol. Essa exposição faz com os pequenos e até mesmo os adultos percam bastante líquido do corpo, por causa das altas temperaturas provocando a desidratação.

Os principais sintomas de desidratação são:

  • Sede excessiva;
  • Olhos fundos;
  • Pele ressecada.

É muito simples evitar esse problema de saúde, basta que a criança beba bastante água durante essa época do ano. Os especialistas recomendam que sejam ingeridos pelo menos três litros de água.

5. Impetigo

O impetigo são duas bactérias que vivem na pele. O problema surge por meio de picadas de insetos que formam pequenos ferimentos avermelhados, causando o desequilíbrio bacteriano.

Além disso, por causa das altas temperaturas, os germes acabam se aproveitando da umidade para se proliferarem. O impetigo atinge principalmente crianças, pois a pele é mais sensível.

Os principais sintomas são pequenas manchas vermelhas ou bolhas na pele com secreção que formam uma casca amarela. O mais comum é aparecer nas mãos e pernas.

Para prevenir, é importante manter a higiene pessoal da criança, sempre limpar ferimentos e proteger a pele contra picadas.

É fundamental cuidar da saúde da criança, pois ela está mais propensa aos problemas de saúde. O verão é a estação que mais pode causar doenças, no entanto, não é aconselhável que os pais privam seus filhos das diversões durante esse período. A diversão na infância é algo fundamental para os pequenos!

Por isso, cuide da saúde infantil, adote medidas preventivas adequadas para as crianças. Além disso, procure oferecer uma alimentação saudável que contribua para o bom funcionamento do organismo e ajuda a fortalecer o sistema imunológico.

Gostou do conteúdo? Esperamos que sim, pois estamos sempre preocupados com o seu bem-estar e da sua família. Não deixe de conferir Protetor solar para crianças: como escolher o melhor produto?

Compartilhar