Treinos funcionais: confira os 5 maiores benefícios destas atividades

Treinos funcionais: confira 5 benefícios desta atividade
Compartilhe:

Que brasileiro gosta de cuidar do corpo, não é novidade. É só prestar atenção para notar que em quase todo lugar tem uma academia. Elas geralmente vivem lotadas de pessoas que buscam a combinação perfeita de beleza e saúde. E tem uma modalidade que tem ganhado cada vez mais adeptos: os treinos funcionais.

Não é difícil entender o porquê. A atividade proporciona muitos benefícios ao corpo. Quer saber quais são eles? Continue a leitura e inspire-se!

Antes de tudo, o que são treinos funcionais?

Algumas definições retiradas dos dicionários conceituam o termo “funcional” como “Algo que foi concebido e executado para ter maior eficácia nas funções que lhe são próprias; que possui eficácia, prático, utilitário”.

Na prática, as atividades funcionais se baseiam nos movimentos naturais das pessoas, como correr, pular, agachar, puxar e assim por diante. Ele foi criado para somar às demais modalidades das academias.

Assim, é possível preencher uma lacuna e possibilitar um desenvolvimento corporal mais homogêneo, ou seja, mais completo.

Maior exploração dos movimentos

Os treinos funcionais tiram o praticante dos movimentos mecânicos e eixos definidos e isolados, muito comuns na musculação. Objetivo é justamente promover ações musculares em conjunto e simultâneas, proporcionando um trabalho corporal mais abrangente e completo.

Agora sim, os benefícios da atividade para o corpo

1. Deixa o corpo todo mais forte

Algumas áreas do corpo geralmente não são exploradas nas atividades diárias, tampouco na academia.

Os exercícios funcionais exercem movimento justamente nestas áreas, o que ajuda no fortalecimento dos músculos, tendões, ossos e cartilagens. Assim, se obtém maior eficácia na tonificação destes tecidos.

Vamos supor que o seu objetivo é deixar o bumbum e coxas mais duros. Ao invés de fazer um exercício que vai estimular apenas a contração dos glúteos e dos músculos retos das coxas, o treino funcional ativa também as fibras estabilizadoras.

2. Melhora considerável na postura

Quantas horas você passa por dia com a cabeça inclinada mexendo no celular? Quantas horas por dia você fica preso no trânsito? Todas essas situações dão espaço para consequências nada agradáveis, como a má postura.

Com as funções ergonômicas deixadas de lado, somente uma atividade complexa como as funcionais podem devolver a mobilidade perdida. O treinamento funcional também auxilia no fortalecimento dos músculos abdominais que ajudam a manter a coluna reta.

Isso porque ele também trabalha a questão da consciência corporal, em como você executa os movimentos, e não apenas em fazê-lo mecanicamente.

Não deixe de conferir também:
Como as atividades físicas auxiliam no tratamento da asma?
Como incentivar a prática de atividades físicas nas crianças

3. Turbina o emagrecimento

Quem nunca procurou a academia visando o emagrecimento? Mais do que uma questão estética, a saúde é a maior beneficiada pelas atividades físicas. Se você também pensa em usufruir desses benefícios, saiba que os treinos funcionais podem ser o seu maior amigo.

Isso porque as atividades desempenhadas tanto nos circuitos coletivos quanto nos individuais favorecem a queima de calorias de forma mais intensa. Quando o praticante conhece bem o próprio corpo e executa com maior precisão sua coordenação motora, melhora o desempenho no emagrecimento.

E não é só isso. Conforme a sua composição corporal vai mudando, as taxas de gordura caem e o percentual de massa magra aumenta. Além disso, melhora a respiração, digestão, temperatura, cognição, etc.

Infográfico 7 passos para abandonar o sedentarismo

4. Melhora a capacidade cardíaca

Além de todo o trabalho muscular que os exercícios funcionais proporcionam, quem também sai ganhando é o seu sistema cardiorrespiratório. Se você já fez alguma atividade do tipo, já deve ter sentido a aceleração no coração.

“Ah, mas isso todos os exercícios físicos proporcionam”. Sim, é verdade. A grande diferença está na adaptação, muitas vezes rápida, que os funcionais trazem. Essa melhora na capacidade respiratória é fundamental para a saúde do coração.

Além disso, o bom condicionamento cardiorrespiratório é importante para a vida. Veja só:

  • Aumenta a capacidade dos pulmões e do coração de trabalharem com mais eficiência;
  • Ajuda a controlar o peso;
  • Melhora a densidade dos ossos;
  • Reduz a incidência de doenças como hipertensão e diabetes;
  • Ajuda no controle dos níveis de triglicérides, colesterol e pressão sanguínea;
  • Melhora o desempenho das atividades do dia a dia e a performance nos treinos.

5. Combate o estresse, ansiedade e depressão

Com a correria do dia a dia e o estresse que nos perseguem diariamente, a saúde mental acaba ficando prejudicada. Mas é possível manter o equilíbrio em meio ao turbilhão de emoções que nos acometem. Os treinos funcionais podem ajudar muito nessa tarefa.

A explicação básica para isso é que as atividades físicas influenciam a produção de alguns hormônios e neurotransmissores responsáveis pela bem-estar, como:

  • Serotonina: ótimo regulador do sono, humor e do apetite;
  • Endorfina: produz a sensação de prazer e relaxamento;
  • Dopamina: tem efeito anaslgésico e tranquilizante.

Já viu que os treinos funcionais são fundamentais para a qualidade de vida, não é? Ele realmente ajuda a reduzir a tensão, tira o foco dos problemas, ajuda a dormir melhor, aumenta a libido, a autoconfiança e autoestima.

Gostou deste conteúdo? Temos certeza que, ao colocar em prática seus treinos funcionais, a sua saúde é a grande beneficiada. Que tal compartilhar este artigo com os seus amigos? Não esqueça de conferir outros assunto do nosso blog. Leia também: Conheça os melhores exercícios aeróbicos para emagrecer.

Compartilhar